Meteorologia

  • 19 JANEIRO 2021
Tempo
MIN 4º MÁX 15º

Edição

AO MINUTO: "Não se deve descomprimir já". Três casos confirmados na DGS

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: "Não se deve descomprimir já". Três casos confirmados na DGS

De acordo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS) esta quarta-feira, Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais 68 mortos e 3.384 infetados com o novo coronavírus.

Graça Freitas, diretora-geral da Saúde, está entre os novos casos confirmados de Covid-19. A responsável encontra-se em isolamento e manifesta sintomas ligeiros da doença. Por terem contactado com Graças Freitas, a Ministra da Saúde, Marta Temido, o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, e o secretário de Estado da Saúde, Diogo Serras Lopes, também realizaram testes despistagem, tendo o resultado de todos sido negativo para o novo vírus

Sobre o combate à pandemia no páis, o primeiro-ministro António Costa revelou hoje que irá anunciar amanhã o plano de vacinação contra a doença e que no sábado serão apresentadas aos portugueses as restrições para o Natal e a Passagem de Ano. Contudo, será certo que as festas na noite de Ano Novo terminarão às 1h00.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia em Portugal e no mundo

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

00h00 - Termina aqui o registo desta quarta-feira. De manhã publicaremos um novo artigo no qual vai poder continuar a acompanhar os principais desenvolvimentos da pandemia em Portugal e no resto do mundo. E, não se esqueça: se sentir sintomas relacionados com o coronavírus ligue para a Linha SNS24 - 808 24 24 24.

23h30 - A mensagem de Darwin Núñez após ter recuperado. O futebolista do Benfica, Darwin Núñez, já recuperou da Covid-19. "Após alguns dias longos para mim, estou de volta com muita vontade e o mesmo compromisso desde que cheguei para defender a camisola do Benfica. Obrigado a todos os que tiraram um tempo para me escrever e dar forças", afirmou hoje o jogador.

23h09 - Morreu Giscard D’Estaing. O antigo presidente francês Valéry Giscard D’Estaing morreu, esta quarta-feira, aos 94 anos, devido a complicações cardíacas num quadro de Covid-19. A notícia foi avançada, esta noite, pela família aos meios de comunicação franceses.

Notícias ao MinutoValéry Giscard D’Estaing.© Reuters22h54 - Costa divulga imagens de reunião com equipa de vacinação. O primeiro-ministro, reuniu hoje com a equipa coordenadora de implementação do processo de vacinação contra a Covid-19. No twitter, António Costa partilhou algumas imagens do encontro e lembrou que amanhã será divulgado o plano de vacinação para o país. 

22h51 - Pfizer alerta que Brasil tem poucos dias para definir compra de vacina. A farmacêutica norte-americana Pfizer indicou hoje que o 'sock' da sua potencial vacina contra a Covid-19 diminui a cada dia e alertou o Brasil para que decida rapidamente sobre a compra do imunizante.

22h47 - Atualização dos números no Brasil. Brasil reportou, esta quarta-feira, 49.863 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e mais 698 óbitos nas últimas 24 horas, segundo dados oficiais. De acordo com o boletim epidemiológico diário, divulgado pelo Ministério da Saúde, o total acumulado de casos confirmados sobe para 6,436.650 e o de vítimas mortais para 174.515.

22h14 - Rede de saúde do Rio de Janeiro dá "sinais de colapso". A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), reconhecido centro de investigação médica brasileiro, alertou hoje que a rede de saúde pública da cidade do Rio de Janeiro "voltou a apresentar sinais de colapso", situação agravada pela Covid-19.

22h03 - Alemanha mantém restrições até 10 de janeiro. As restrições decididas pelas autoridades alemãs para lutar contra a pandemia do novo coronavirus, como encerramento de restaurantes e locais culturais, vão vigorar até 10 de janeiro, anunciou hoje a chanceler Ângela Merkel.

21h56 - "É falso que Governo tenha recusado receber manifestantes". O Ministério de Estado, da Economia e Transição Digital defende que é falso que "o Governo tenha recusado receber manifestantes" do movimento 'A Pão e Água' e que é falso que os setores da restauração e da animação noturna não tenham quaisquer apoios a fundo perdido

21h47 - Três casos confirmados na DGS. A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou, esta noite, que foram confirmados três casos positivos de Covid-19 na sua sede, sendo que dez trabalhadores estão em isolamento profilático. "A Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, mantém sintomas ligeiros", acrescenta, em comunicado, a autoridade. 

21h34 - Ljubomir Stanisic hospitalizado. O chef Ljubomir Stanisic foi transportado de urgência para o hospital, esta quarta-feira, depois de seis dias em greve de fome. O empresário sentiu-se mal depois de um discurso, no âmbito do movimento 'A Pão e Água'. Ljubomir Stanisic está a cumprir a greve de fome em frente à Assembleia da República, em Lisboa, em protesto contra as medidas de restrição do Governo que impedem o funcionamento de restaurantes nos concelhos de risco a partir das 13h00 nos fins de semana. 

21h23 - Confinamento na Galiza é "mais uma machadada" no comércio. A Associação Empresarial do Alto Tâmega (ACISAT) considera o confinamento anunciado pela Junta da Galiza "mais uma machadada" para o comércio local e reclama mais apoios do Estado português, adiantou hoje à Lusa o presidente.

21h19 - Administrador da Pfizer apela para que não se reabram economias muito depressa. O administrador executivo da Pfizer, Albert Bourla, apelou hoje para que os governos de todo o mundo não reabram as suas economias demasiado depressa devido ao otimismo gerado pelas vacinas de Covid-19. 

"Pela pressão para reabrir a economia, [os governos] não devem cometer este erro e descomprimir imediatamente. A vacina é uma ferramenta no controlo desta doença. O momento em que vamos voltar à normalidade não está longe, mas definitivamente não é já", alertou Albert Bourla

21h11 - Mauritânia fecha escolas e universidades. A Mauritânia anunciou hoje o encerramento de escolas e universidades durante duas semanas para fazer face a um aumento do número de casos de infeção por Covid-19.

21h06 - Comissária europeia da Saúde defende "coordenação" para vacinação. Os estados-membros da União Europeia deveriam coordenar as diferentes estratégias de vacinação contra a Covid-19, defendeu hoje a comissária europeia da Saúde, Stella Kyriakides, apesar de reconhecer que pertence a cada país a última decisão.

20h59 - Açores reabrem 15 escolas e mantêm sete encerradas. Os Açores mantêm sete estabelecimentos de ensino encerrados e outros seis com turmas em isolamento profilático, mas hoje já reabriram 15 escolas na região, informou o Governo Regional, em nota de imprensa.

20h42 - Farmácias disponíveis para integrarem plano de vacinação. As organizações representativas das farmácias manifestaram hoje a sua disponibilidade para contribuírem para a vacinação dos portugueses contra a Covid-19, considerando que cabe ao Ministério da Saúde "fazer esta opção".

20h40 - Atualização dos números em França. A França registou nas últimas 24 horas 313 mortes em meio hospitalar devido a Covid-19, elevando o número total de mortos desde o início da pandemia para 53.816, anunciaram hoje as autoridades de saúde. O número de novos casos diários no país foi de 14.064 nas últimas 24 horas, uma subida face aos números dos dois dias anteriores, tendo sido já confirmados 2.244.635 casos de Covid-19 em França desde o início da pandemia.

20h37 - Trabalhadores da restauração e hotelaria juntam-se em protesto no dia 10. Os trabalhadores da restauração, hotelaria e similares irão juntar-se num protesto, em Lisboa, no próximo dia 10 de dezembro, garantido que são os "mais afetados" pela pandemia, segundo um comunicado da Fesaht.

20h22 - Subscritores de petição para salvar bares solicitam reunião no Parlamento. Os subscritores da petição pela criação de um apoio financeiro do Estado para salvar empresas e trabalhadores dos bares e discotecas solicitaram hoje uma reunião urgente à Comissão de Economia com vista à obtenção de uma solução de consenso.

20h08 - Espanha proíbe viagens entre comunidades no Natal. O Governo central e as comunidades autónomas espanholas chegaram hoje a acordo sobre o plano para travar os contágios de Covid-19 durante o Natal que inclui a proibição de viajar entre regiões, com exceção das reuniões familiares. Todos os representantes regionais, exceto o de Madrid, que votou contra, e o da Catalunha, que se absteve, apoiaram as medidas propostas pelo Ministério da Saúde.

19h52 - Atualização dos números em Angola. Angola reportou nas últimas 24 horas mais 68 casos de Covid-19, uma morte e 207 recuperados da doença, anunciou o secretário de Estado para a Saúde Pública.

19h44 - Atualização dos números em Cabo Verde. Cabo Verde registou mais 51 novos casos positivos de Covid-19 e 56 doentes foram dados como recuperados nas últimas 24 horas, informou hoje o Ministério da Saúde e Segurança Social. Com os novos dados, Cabo Verde aumentou para 10.867 as infeções, acumuladas desde 19 de março, e mantém 106 óbitos.

19h32 - Portugal estima gastar 200 milhões na vacina. O Governo português estima que "o montante global associado às vacinas para o nosso país deverá atingir os 200 milhões de euros e ultrapassar os 22 milhões de doses", anunciou, ao final desta quarta-feira, a ministra da Saúde. Em declarações aos jornalistas após reunião de trabalho sobre o Plano de Vacinação de combate à Covid-19, Marta Temido sublinhou também que a vacina será "facultativa e gratuita".

19h19 - Atualização dos números em São Tomé e Príncipe. São Tomé e Príncipe registou nas últimas 48 horas seis novos casos de Covid-19, aumentando as infeções acumuladas para 997, anunciou a porta-voz do Ministério da Saúde.

18h52 - Presidente do México classifica confinamentos como "ditadura". O Presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, sugeriu hoje que os políticos que impõem confinamentos ou recolher obrigatório para limitar a propagação da Covid-19 estão a agir como ditadores.

"Muitos deles estão a deixar os seus instintos autoritários aparecer", apontou Lopez Obrador, acrescentando que o "fundamental é garantir a liberdade".

18h39 - Montalegre pede presenças restritas em festa da matança do porco. O presidente da Câmara de Montalegre, Orlando Alves, apelou hoje aos munícipes para que restrinjam a tradicional festa da "matança do porco" ao "número mínimo de presenças" para conter a pandemia de Covid-19.

18h33 - Atualização dos números em Espanha. A Espanha registou hoje 9.331 novos casos de Covid-19, elevando para 1.665.775 o total de infetados no país desde o início da pandemia, segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde espanhol. As autoridades sanitárias também contabilizaram mais 273 mortes nas últimas 24 horas atribuídas à Covid-19, passando o total de óbitos para 45.784.

18h27 - Confinamento na Galiza para evitar viagens a Portugal. O Governo Regional da Galiza decidiu hoje que toda a comunidade vai estar em confinamento entre as 12h01 de sexta-feira, 4 de dezembro, e a mesma hora de quarta-feira, dia 9, para restringir a mobilidade com território português.

18h14 - Organizações da sociedade civil querem ser ouvidas. A Associação Protetora dos Diabéticos lamentou hoje que as organizações da sociedade civil não tivessem sido ouvidas sobre o plano de vacinação contra a Covid-19 e defendeu que devem ser consultadas em "todos os momentos" da estratégia.

18h08 - Pandemia faz Brasil cair 5,8% este ano mas cresce 2,8% em 2021. O Fundo Monetário Internacional (FMI) disse hoje que o impacto da pandemia de Covid-19 no Brasil deve fazer a economia contrair-se 5,8% este ano e recuperar para um crescimento de 2,8% em 2021.

17h58 - Unidade de Saúde em Guimarães encerrada por infeção de profissionais. A Unidade de Saúde Familiar (USF) de Ronfe, em Guimarães, esteve hoje encerrada por causa de casos de infeção pelo novo coronavírus e a partir de quinta-feira vai funcionar em horário reduzido e de forma condicionada.

17h42 - Pandemia tira 371 milhões ao contributo do desporto para PIB português. Um estudo da Comissão Europeia (CE) sobre o impacto económico da Covid-19 no setor do desporto dos 28 Estados-membros em 2020 aponta, no caso português, para uma redução de 371 milhões de euros do contributo para o PIB nacional.

17h38 Bragança, Braga, Porto, Aveiro e Viana com menos novos casos. Os distritos de Bragança, Braga, Porto, Aveiro e Viana do Castelo diminuíram o número de novos casos de infeção entre a terceira e a última semana de novembro e apenas Vila Real aumentou, segundo o relatório da ARS-N.

17h15 - Boris Johnson apresenta plano de vacinação. O primeiro-ministro, Boris Johnson, adiantou, esta tarde, que Reino Unido adquiriu cerca de 40 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 produzida pela Pfizer. Em conferência de imprensa, o governante avançou ainda que, numa primeira fase, a prioridade será vacinar profissionais de saúde, trabalhadores de lares, idosos e cidadãos doentes, especialmente vulneráveis.

"Vão ser precisos meses para todos os grupos de riscos serem vacinados", acrescentou. 

Acompanhe a conferência aqui: 

17h09 - Baixo Alentejo pede reforço de brigadas para lares com surtos. Autarcas do Baixo Alentejo pediram hoje ao Governo para "reforçar" as brigadas da Segurança Social e criar outras equipas maiores para substituírem "por mais tempo" funcionários infetados em lares de idosos com surtos de Covid-19.

17h00 - Visitantes voltam a poder abraçar residentes de lares no Reino Unido. Os residentes dos lares no Reino Unido voltaram a poder ter contacto físico com família e amigos. Pela primeira vez desde março, os abraços voltaram a ser permitidos após as instituições terem recebido testes rápidos de despiste à Covid-19, cujo o resultado é revelado em 30 minutos. 

Notícias ao MinutoBob Underhill, de 84 anos, beija a mulher Patricia, de 82 pela primeira vez desde março© Reuters

16h56 - Atualização dos números em Itália. Itália registou, esta quarta-feira, mais 684 óbitos e 20.709 novos infetados por Covid-19. De acordo com as autoridades, o país passa agora a contabilizar 57.045 vítimas mortais e 1,641.610 contágios, desde o início da pandemia

16h51 - Quebra do PIB nacional entre 7,5% e 8,5% em 2020? A agência de 'rating' DBRS Morningstar estima uma quebra do produto interno bruto (PIB) português de 7,5% num cenário moderado e de 8,5% num adverso, de acordo com uma nota hoje divulgada.

16h50 - Boris tenta moderar expectativas sobre velocidade de vacinação. O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, procurou hoje moderar as expectativas dos britânicos sobre a velocidade de distribuição da vacina contra a Covid-19 aprovada hoje pela agência reguladora britânico. 

16h46 - Maioria dos destinos abrandaram restrições de viagem. A maioria dos destinos globais (70%) reduziu as limitações de viagem, introduzidas face à pandemia de Covid-19, enquanto um em cada quatro ainda mantém as fronteiras fechadas para turistas internacionais, segundo um relatório da Organização Mundial do Turismo.

16h30 - Atualização dos números no Reino Unido. O Reino Unido registou mais 648 mortes e 16.170 novos casos em 24 horas. Desde o início da pandemia, foram registados, no total, 59.699 óbitos e 1,643.086 infetados com o novo vírus.

16h21 - Pfizer deverá chegar a 300 mil portugueses numa primeira fase. Em declarações à TSF, Paulo Teixeira, diretor-geral da farmacêutica em Portugal, revelou que a Pfizer espera vacinar 300 mil portugueses numa primeira fase. "Diria que numa primeira fase vão ser vacinados 300 mil portugueses, tendo em conta que são duas doses da vacina", detalhou o responsável. Ainda segundo o diretor, Portugal vai receber, no total, 4,6 milhões de doses desta vacina contra a Covid-19. 

É de recordar que a diretora-médica da Pfizer Portugal avançou à RTP que a vacina poderá chegar a Portugal a 1 de janeiro, se obtiver a aprovação da Agência Europeia do Medicamento em 29 de dezembro.

16h13 - Angola prepara plano de vacinação com apoio da OMS. A Organização Mundial de Saúde (OMS) está a apoiar o Governo angolano na preparação da campanha de vacinação contra a Covid-19, que poderá acontecer a partir do segundo trimestre de 2021, afirmou a representante da organização no país.

16h05 - Putin quer vacinação "em larga escala" na próxima semana. O Presidente russo, Vladimir Putin, pediu hoje às autoridades de saúde que comecem já no final da próxima semana a vacinação contra o novo coronavírus em "larga escala" na Rússia.

15h53 - Estrutura de Retaguarda em Paços de Ferreira com 23 doentes. A Estrutura de Apoio de Retaguarda para doentes com Covid-19 criada pela Câmara de Paços de Ferreira, no antigo hospital da Misericórdia, recebeu 23 doentes na primeira semana de funcionamento, informou hoje a autarquia.

15h41 - Atualização dos números em Moçambique. Moçambique registou, nas últimas 24 horas, a morte de mais um paciente infetado pelo novo coronavírus, elevando o número de óbitos para 132, tendo também 96 novos casos, anunciou hoje o Ministério da Saúde. No total, o país conta, desde o início da pandemia, com 15.866 casos de Covid-19, dos quais 15.559 são de transmissão local e 307 são importados.

15h37 - Passageiros aéreos não podem ser considerados como de alto risco. As novas recomendações europeias para os passageiros aéreos, hoje divulgadas, indicam que estes não devem ser considerados como de alto risco de propagação da Covid-19, salientando que as medidas em vigor na aviação minimizam os riscos.

15h30 - Itália vai fornecer gratuitamente 202 milhões de doses de vacinas. A vacina contra a Covid-19 será gratuita em Itália, cujo Governo prevê distribuir 202,6 milhões de doses em 2021 "num esforço sem precedentes que irá requerer um enorme compromisso coletivo", anunciou o ministro da Saúde.

15h26 - OMS atualiza recomendações sobre uso de máscara. A Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgou hoje recomendações atualizadas sobre o uso de máscara como meio de prevenção da disseminação da Covid-19, tendo como base novos dados científicos. As principais mudanças, particularmente em áreas de transmissão comunitária ou coletiva, são o uso mais amplo de máscaras em instalações de saúde e especificações sobre o uso de máscaras não médicas para o público em geral.

15h11 - Oito doentes em unidade de retaguarda estabilizam hospital de Viana. A administração da Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM) disse hoje que a capacidade do Hospital de Santa Luzia está "estável", após a transferência de oito doentes para a unidade de retaguarda de Viana do Castelo.

15h09 - Salários baixam devido à pandemia. Os salários mensais baixaram ou aumentaram mais lentamente nos primeiros seis meses deste ano devido à pandemia em dois terços dos países para os quais existem dados oficiais, conclui um relatório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) hoje divulgado.

15h00 - Utilização de numerário cai gradualmente. A utilização de numerário está a diminuir gradualmente e mais durante a pandemia, embora seja o instrumento mais popular para pagamentos de retalho presenciais, de acordo com um inquérito do Banco Central Europeu (BCE) hoje divulgado.

Recorde aqui os principais desenvolvimentos, ocorridos durante a manhã e início de tarde desta quarta-feira, sobre a pandemia em Portugal e no Mundo.  

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório