Meteorologia

  • 18 SETEMBRO 2020
Tempo
20º
MIN 17º MÁX 21º

Edição

AO MINUTO: Há mais 290 infetados. Eventos são "bem-vindos" mas com regras

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Há mais 290 infetados. Eventos são "bem-vindos" mas com regras

Numa altura em que se receia uma eventual segunda onda da doença, se tal acontecer,  o desemprego em Portugal poderá chegar aos 17,6% no final do ano, prevê a consultora EY. Portugal registou esta sexta-feira um nova aumento diário no número de novos casos de infeção - 290 - e o mesmo número de óbitos de ontem - três. No total, desde o início da pandemia, há a registar 52.351 casos da doença e 1.746 vítimas mortais no país. 

Mais de 19 milhões de pessoas foram infetadas pelo novo coronavírus em todo o mundo, incluindo um milhão apenas nos últimos quatro dias. No total, a pandemia de covid-19 já matou pelo menos 715.343 pessoas em todo o mundo. 

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no resto do Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

15h15 - Boa tarde! Este acompanhamento chegou ao fim. Continue a seguir todos os desenvolvimentos da pandemia AO MINUTO aqui. 

15h00 - Metade das empresas têxteis e de vestuário admite reduzir o emprego este ano, após a maioria ter registado quebras de faturação superiores a 30% entre abril e julho, segundo um inquérito divulgado hoje pela associação setorial.

14h50 - Dos novos casos registados esta sexta-feira, 208 concentram-se na região de Lisboa e Vale do Tejo, o que representa 71% do total. De acordo com o  boletim epidemiológico desta sexta-feira, 356 pessoas estão agora internadas (menos 13), 36 das quais em unidades de cuidados intensivos (menos seis do que ontem). 

14h37 - A Direção Geral de Saúde (DGS) acaba de divulgar o relatório epidemiológico das últimas 24 horas, que indica que há mais três óbitos e 290 novos casos em Portugal. No total,  desde o início da pandemia, há 52.351 infetados com o novo coronavírus e 1.746 vítimas mortais. De referir ainda que há hoje mais 247 recuperados.

14h00 - Nova regra para bares e discotecas sem adesão.  Uma semana depois da entrada em vigor da nova regra que permite às discotecas funcionarem como pastelarias ou cafés, os empresários de diversão noturna reiteram a inviabilidade da alternativa e alertam para o colapso do setor.

13h45 - Atualização dos dados: África contabiliza hoje 22.066 mortos devido à covid-19, tendo ultrapassado na quinta-feira um milhão de infetados, segundo os dados mais recentes da pandemia no continente.

13h30 - Época balnear? Uma clarificação das regras aplicáveis nas praias (e não só) O Governo determinou que a disponibilização de equipamentos de uso coletivo nas praias, como gaivotas ou chuveiros interiores, "pode ser permitida, em determinadas condições", nomeadamente se for feita por empresas de animação turística.

13h25 - Atualização dos dados no mundo: A pandemia de Covid-19 já matou pelo menos 715.343 pessoas em todo o mundo desde que o vírus foi detetado na China, em dezembro, refere o último balanço feito pela Agência France-Presse (AFP) com base em dados oficiais. Ao todo, 19.133.340 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados em 196 países e territórios, dos quais pelo menos 11.319.300 já foram considerados curados.

13h00 -  A Administração Regional de Saúde do Alentejo argumentou hoje que agiu no surto de Covid-19 no lar em Reguengos de Monsaraz baseada em critérios técnicos da autoridade de saúde, dos cuidados primários e do hospital de Évora.

"As decisões" da Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo foram "com base em critérios puramente técnicos", disse hoje à agência Lusa o presidente deste organismo, José Robalo.

O responsável reagia assim à auditoria da Ordem dos Médicos, que apontou responsabilidades à administração, concluindo que o lar de Reguengos de Monsaraz onde um surto de Covid-19 provocou a morte de 18 pessoas não cumpria as orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS). 

12h50 - Os Açores não registaram nas últimas 24 horas casos positivos de Covid-19, pelo segundo dia consecutivo, tendo sido detetados até ao momento no arquipélago um total de 179 casos de infeção.

12h45 - De férias no Porto Santo, o Presidente da República defendeu que todos os grandes eventos previstos para Portugal são "bem-vindos", desde que respeitem as regras de saúde pública, recusando comentar em particular a Festa do Avante!, agendada para setembro

Sobre a Liga Portuguesa de Futebol, que recomeça em setembro, Marcelo Rebelo de Sousa remeteu uma tomada de posição para mais tarde. "Ninguém sabe ainda como é que vai ser a evolução da pandemia e, portanto, vamos esperar para ver se há segunda vaga ou não há segunda vaga, se é grave, se não é grave", advertiu.

Notícias ao MinutoMarcelo Rebelo de Sousa na praia do Porto Santo © Lusa

12h20 - O Governo vai investir 36,7 milhões de euros no centro de contacto do SNS24 para manter a dimensão e capacidade de atendimento conseguida durante a pandemia, afirmou hoje a secretária de Estado Adjunta e da Saúde

12h00- Um grupo de 20 cientistas e investigadores espanhóis apelou hoje ao Governo para promover "uma avaliação independente e imparcial" da gestão da pandemia de covid-19 para perceber por que motivo Espanha foi tão afetada.

11h40 - O uso de máscara é uma das medidas de proteção contra a propagação do novo coronavírus. Mas há que usá-la da forma correta, alerta o Serviço Nacional de Saúde.

11h20 - As salas de cinema portuguesas receberam perto de 78 mil espectadores em julho, uma quebra de 95,6% face ao período homólogo de 2019, anunciou hoje o Instituto do Cinema e do Audiovisual.

10h45 - Mais de metade dos doentes com artrite reumatóide que participaram num estudo sobre os impactos do confinamento disseram ter desenvolvido ou agravado os sintomas de depressão e mais de 40% disse que as dores articulares aumentaram.

10h30 - O primeiro-ministro da Hungria, o ultranacionalista Viktor Orbán, defendeu hoje que se deve impedir a chegada de imigrantes ao país porque estes são potenciais "bombas biológicas" devido à Covid-19.

10h20- O número de pessoas que viajaram num barco norueguês de cruzeiros e foram diagnosticadas com Covid-19 aumentou para 62, anunciou hoje o Instituto de Saúde Pública daquele país, explicando tratar-se de 41 tripulantes e 21 passageiros.

10h05 - A Catalunha reporta 1.181 positivos e 10 mortos devido à Covid-19 nas últimas 24 horas, noticia a imprensa espanhola. 

9h40 - Covid-19 acelera fim do papel? A pandemia está a levar à multiplicação de despedimentos de jornalistas em todo o mundo e a acelerar o fim do papel, segundo especialistas e profissionais, apesar do aumento do interesse pela informação em tempo de crise sanitária.

9h05 - Surtos ativos em Portugal: 

9h00 - A revista Time já divulgou a capa da sua última edição. O trabalho de ilustração, da autoria de Tim O'Brien, um colaborador de longa data da revista, volta a ter como protagonista o presidente dos Estados Unidos. Desta vez, mergulhado num mar de vírus. Os EUA registaram 2.060 mortos e 58.462 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas. O total de mortes é agora de 159.990 e de casos confirmados de 4.876.790.

8h55- Os primeiros doentes de Covid-19 em Wuhan, na China, continuam com problemas pulmonares. Esta é a conclusão de um estudo levado a cabo pelo médico Peng Zhiyongdiretor da unidade de cuidados intensivos do Zhongnan Hospital of Wuhan University, e que levanta preocupações com as consequências, a longo prazo da doença.

8h20 - Nas últimas 24 horas, a Alemanha registou 1.147 novas infeções de Covid-19 e mais oito mortes devido à doença, de acordo com os dados atualizados pelo Instituto Robert Koch. O número de novas infeções voltou, assim, a superar as mil pelo segundo dia consecutivo, algo que não acontecia desde o dia 7 de maio.  Desde o início da pandemia, o país contabiliza 214.214 infeções confirmadas e 9.183 mortes relacionadas com o novo coronavírus

8h10 - Quase metade (47%) das empresas reduziram a sua atividade e quase um quinto (17,4%) encerraram ou interromperam totalmente" o funcionamento, de acordo com o estudo "MDS Research: Situação Económica em Portugal" hoje divulgado.

8h00- É migrante? Saiba que existe uma linha de apoio disponível em 10 idiomas diferentes (the migrant helpline is available in 10 different languages). 808 257 257 ou 218 106 191

7h50 - A consultora EY estima que, caso haja uma segunda vaga da pandemia de Covid-19 em Portugal, a taxa de desemprego no país possa atingir os 17,6% no final do ano. 

7h45 - A Índia ultrapassou hoje os dois milhões de casos de Covid-19 diagnosticados no país desde o início da pandemia, segundo dados oficiais do Ministério da Saúde indiano.  Só nas últimas 24 horas, o país contabilizou 62.585 novas infeções, além de 886 óbitos. Todavia, o número de casos poderá no entanto estar subestimado, de acordo com especialistas, já que as autoridades indianas não testam os pacientes assintomáticos.

Notícias ao MinutoA Índia não testa pessoas assintomáticas© Reuters

7h40 - O México registou 819 mortes nas últimas 24 horas e ultrapassou a barreira dos 50 mil óbitos desde o início da pandemia, indicaram na quinta-feira as autoridades

7h35- O continente africano ultrapassou esta quinta-feira um milhão de casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus, segundo uma contabilização da agência France-Presse

7h25 - A China registou 37 novos casos confirmados de coronavírus na quinta-feira, 26 dos quais contágios locais na região oeste de Xinjiang e um em Pequim, informou hoje a Comissão Nacional de Saúde.

7h20 - Mais de 19 milhões de pessoas foram infetadas pelo novo coronavírus em todo o mundo, incluindo um milhão apenas nos últimos quatro dias, segundo um balanço feito pela Agência France-Presse (AFP), com base em dados oficiais.

7h15 - EUA com 2.060 mortos e mais de 58 mil casos nas últimas 24 horas, sendo que os últimos números elevam o total de mortes para 159.990 e o de casos confirmados para 4.876.790. Só nas últimas 24 horas morreram no estado do Texas cerca de 1.000 pessoas, segundo a Universidade Johns Hopkins.

7h10 - O Brasil registou 1.237 mortes provocadas pela Covid-19 no último dia, totalizando 98.439 óbitos. Foram ainda notificados 53.139 casos da doença, em 24 horas, num total de 2.912.212 infeções. Se se mantiver a média nos próximos dias o país poderá superar as 100 mil vítimas mortais e os 3 milhões de infetados, até sábado

7h00 - Bom dia! Acompanhe todos os desenvolvimentos da pandemia no país e no mundo. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório