Meteorologia

  • 08 AGOSTO 2020
Tempo
31º
MIN 19º MÁX 31º

Edição

AO MINUTO: Mais 9 mortes em Portugal. País "mais reativo do que proativo"

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no resto do mundo.

AO MINUTO: Mais 9 mortes em Portugal. País "mais reativo do que proativo"

A Comissão Europeia agravou hoje as suas previsões económicas para Portugal este ano face aos choques da Covid-19, estimando agora uma contração de 9,8% do PIB, muito acima da anterior projeção de 6,8% e da do Governo, de 6,9%

O novo coronavírus, que  já causou a morte a pelo menos 538 mil pessoas e infetou mais de 11,6 milhões em todo o mundo, continua a avançar e a fazer países recuar. O ressurgimento de casos levou a Austrália a impor o confinamento durante seis semanas em Melbourne, cidade com cerca de 4,9 milhões de habitantes.

Os Estados Unidos registaram nas últimas 24 horas perto de 55 mil novos casos de infeção. Por outro lado, Pequim não reportou qualquer caso de Covid-19 pela primeira vez desde o início de junho quando foi detetado um surto num mercado.

Portugal tem uma oportunidade de sair da 'lista negra' do Reino Unido se 'passar' na reavaliação dos corredores aéreos que vai ser feita até ao dia 27 de julho. 

Consulte aqui a evolução da pandemia em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no resto do mundo:

15h00 - Boa tarde! Continue a acompanhar-nos AO MINUTO aqui. Já sabe, coloque em prática as quatro regras de ouro: a lavagem das mãos, o uso da máscara, o distanciamento social e a etiqueta respiratória. 

14h55 - Impacto na economia: As regiões onde o turismo tem mais peso enfrentam maior risco de destruição de emprego, alerta a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE) estimando que, no Algarve, podem ser perdidos mais de 40% dos empregos.

14h45 - Brasil: Nicollas, um menino de dois anos que contraiu Covid-19, teve alta depois de 13 dias internado no hospital em estado grave. A mãe da criança relata os sintomas e a dificuldade em chegar ao diagnóstico certo. Chegou a suspeitar-se de meningite, mais tarde surgiu o diagnóstico de síndrome de Kawasaki e, por fim, Covid-19. 

14h35 - China: Pequim não registou qualquer caso de Covid-19 pela primeira vez desde o início de junho, altura em que eclodiu um surto num mercado. As autoridades de saúde alegam que detetaram em 22 horas o local de risco e que realizaram mais de 11 milhões de testes desde o dia 11 de junho

14h30 - Situação em Israel: Uma responsável do Ministério da Saúde demitiu-se hoje, denunciando o "fracasso" das autoridades em retardar a propagação do novo coronavírus num país em que os casos de infeção continuam a aumentar.

14h20 - Das novas infeções detetadas nas últimas 24 horas, 207 concentram-se em Lisboa e Vale do Tejo, ou seja, cerca de 72% do total (ontem, este valor rondava os 84%). A região contabiliza agora um total de 20.929 infetados desde o início da pandemia.

14h04 - A Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgou o boletim epidemiológico da Covid-19 nas últimas 24 horas. Os dados mais recentes indicam que foram identificados 287 novos casos e morreram mais nove pessoas. Em termos acumulados, Portugal contabiliza 44.416 casos de contágio e 1.629 mortes desde o início da pandemia. Desde ontem mais 279 pessoas recuperaram da doença, o que elevou o total de recuperações para 29.445. 

13h47 - Impacto na economia: O secretário-geral do PCP demonstrou hoje preocupação pelas previsões económicas para Portugal este ano face aos choques da covid-19, considerando que podem vir a agravar-se se não se apostar na produção e mercado nacionais.

13h37- A peste bubónica, que matou milhões de pessoas na Idade Médica, quando não havia antibióticos ou vacinas, tem milhares de casos notificados todos os anos e é uma doença grave e fatal, sobretudo se a bactéria se espalhar no corpo humano. Na ausência de antibióticos e quando uma pessoa é infetada e o organismo não consegue travar a disseminação da bactéria, em cerca de metade dos casos dá uma infeção fulminante e morte.

13h35 - Peste negra: A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou hoje que está a vigiar de perto os casos de peste bubónica detetados na China e na Mongólia, enfatizando que a situação não representa uma grande ameaça e está "bem administrada".

13h28 - Sem novos infetados, arquipélago dos Açores mantém seis casos ativosOs Açores não têm registo, desde sábado, de novos doentes infetados com covid-19, mantendo o arquipélago seis casos positivos ativos, anunciou hoje a Autoridade de Saúde Regional.

13h20 - Plano de recuperação económica no Reino Unido inclui medidas ecológicas. O ministro das Finanças, Rishi Sunak, apresenta na quarta-feira um plano de recuperação económica pós-pandemia, que inclui um investimento de 3 mil milhões de libras (3,3 bilhões de euros) em medidas para aumentar o emprego e proteger o ambiente.

12h44 - Pelo menos 538 mil mortos e mais de 11,6 milhões de infetados no mundo. A pandemia do novo coronavírus já causou a morte a pelo menos 538.326 pessoas e infetou mais de 11,6 milhões em todo o mundo desde dezembro, segundo um balanço da agência AFP baseado em dados oficiais.

12h40 - Portugal precisa de aumentar a capacidade de resposta a nível de saúde e preparar-se para uma eventual segunda vaga da pandemia de covid-19 no inverno, alertou o presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública (ANMSP), Ricardo Mexia.

"Estamos a ser mais reativos do que proativos e é importante que haja um planeamento efetivo para o momento em que, previsivelmente, vamos ter os nossos serviços de saúde mais pressionados, como é o caso do inverno. Se acrescentarmos esse aumento da procura pela gripe aos problemas relacionados com a pandemia, seguramente temos alguma dificuldade nessa matéria. Importa dotar o país dessa capacidade de resposta".

12h37 - Dados do Irão: As autoridades iranianas anunciaram hoje um novo recorde de mortes ligadas ao novo coronavírus, o terceiro em menos de 10 dias, com 200 mortos em 24 horas.

12h30 - Dados de África: O número de mortos devido à Covid-19 em África subiu hoje para 11.622, mais 262 nas últimas 24 horas, e há quase 492 mil infetados, segundo os números mais recentes sobre a pandemia no continente.

12h25 - O aumento recente de mortes, contágios e internamentos hospitalares por covid-19 em Portugal deveu-se à falta de meios e a uma menor atenção às regras de segurança pela população, defendeu o bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães.

12h10 - Numa altura em que são ainda muitas as incertezas sobre o novo coronavísurs, o imunologista americano Anthony Fauci alerta que a vacina contra a Covid-19 vai fornecer "proteção finita". Recorde-se que ainda na semana passada um cientista de Oxford afirmou que o efeito da vacina que a universidade está a desenvolver poderá durar "vários anos". Esta é, portanto, uma das muitas questões ainda em aberto. 

12h00 - Apoio à economia: O ministro da Economia anunciou hoje a abertura, "na semana de dia 20", de uma nova linha de crédito de mil milhões de euros dirigida a micro e pequenas empresas.

11h45 - Fiesta? Galiza festeja reabertura de fronteiras... com festa com DJ portugueses. A discoteca Queen, em Sanguiñeda, na Galiza, vai receber um conjunto de DJ portugueses no sábado, para "celebrar a abertura de fronteiras depois de meses encerradas", numa altura em que, do lado português, estes espaços continuam fechados.

11h30 - Surto em Reguengos: A autarquia informa que morreram mais duas pessoas, aumentando para 14 o número total de óbitos. De acordo com o boletim divulgado, uma das mortes aconteceu ainda no dia de ontem, uma mulher de 88 anos. Já hoje morre uma idosa de 94 anos. Ambos os óbitos aconteceram no Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE). Há no concelho 136 casos ativos da doença e 17 recuperados. 

11h15 - Surto no Politécnico da Guarda: Aumentou para 20 o número de alunos infetados (ontem os dados davam conta de 16). O contágio terá acontecido numa festa de aniversário na casa de um dos alunos. 

10h45 - Surto em Cinfães: Mais duas mortes no lar de Cinfães, o que eleva o total de óbitos para sete. Neste momento, há registo de 124 casos em Cinfães, sendo que 83 estão em vigilância e 34 pessoas estão recuperadas

10h45 - Número de casos positivos de Covid-19 no concelho de Benavente subiu para 22 (mais 17 do que os dados anteriores). Em causa estão nove famílias e, segundo o autarca, o surto está controlado. No total, 86 pessoas foram testadas no fim de semana. Todos os infetados, onde se incluem três crianças, são de nacionalidade brasileira e trabalham em jardinagem ou na agricultura. O foco do contágio teve origem em alguém que veio da Área Metropolitana de Lisboa (ALM). 

10h30 - Impacto da pandemia na economia: Gentiloni atribui cenário mais pessimista de Portugal à queda no turismo. O comissário europeu da Economia mencionou ainda a reabertura tardia das fronteiras com Espanha.

10h15 - Peste negra: Numa altura em que o mundo tenta combater a pandemia da Covid-19, confirma-se a existência de um caso de peste negra e de um suspeito na Mongólia

10h10 - Bolsonaro com Covid-19? Resultados do teste de diagnóstico ao novo coronavírus feito ao presidente do Brasil é conhecido esta terça-feira. Bolsonaro confirmou ontem estar com sintomas da doença e a tomar  hidroxicloroquina

9h54 - Em Santiago, no Chile, uma enfermeira toca violino a um paciente com Covid-19 internado nos cuidados intensivos. Conheça aqui história de Damaris Silva

Notícias ao MinutoDamaris Silva leva "esperança e fé" a quem se encontra internado devido ao novo coronavírus© Reuters

9h45 - Transportes: Utentes da Transtejo estão desde as 07h00 de hoje junto à estação fluvial da Trafaria, em Almada, em protesto contra a redução de horários da carreira Trafaria/Porto Brandão/Belém, disse à Lusa João Horta, um dos organizadores.

9h35- Transportes: A Carris tem vindo a reforçar o serviço desde maio, quando se iniciou o desconfinamento, garantindo 95% do serviço desde então. Em junho, comparativamente a 2019, transportou apenas 47% dos passageiros, mas as viagens aumentaram 8%, refere a Câmara Municipal de Lisboa.

9h30 - E por falar em máscaras, um lembrete da Direção-Geral de Saúde (DGS) sobre como as deve usar em segurança. Esta medida de segurança não substitui o distanciamento social, a higiene das mãos e a etiqueta respiratória. 

9h20 - Situação em Espanha: A Catalunha está a considerar tornar obrigatório o uso de máscara no exterior em qualquer circunstância, haja ou não distanciamento social. A decisão do Departamento de Saúde da Generalitat é tomada depois de a mesma medida ter sido aplicada na região confinada de Segriá (Lleida) devido aos novos surtos de Covid-19. 

9h15 - Impacto da pandemia: Comissão Europeia prevê que a contração do PIB de Espanha será de 10,9% em 2020

9h10 - Impacto da pandemiaBruxelas agrava projeção de contração em Portugal para 9,8%

8h55 - Ação social: O grupo parlamentar do Bloco de Esquerda recomendou ao Governo o prolongamento do fornecimento de refeições escolares aos alunos que beneficiam da ação social escolar durante o período da interrupção letiva do verão

8h40- Portugal comprou mais de 600 mil máscaras sem garantia de qualidade, noticia hoje o Público. Segundo o jornal, a ASAE apreendeu  627 mil máscaras FFP, que são usadas por profissionais de saúde na luta contra a covid-19, por não cumprirem requisitos de segurança. 

8h30 - Dados da Rússia: País registou 198 mortes e 6368 casos de infecção nas últimas 24 horas. Total de casos é de 694.230 (63.880 das quais já estão recuperadas). Desde o início da pandemia, já morreram 10.494 pessoas devido à Covid-19 na Rússia. 

8h20 - Dados da Alemanha: Nas últimas 24 horas, a Alemanha contabilizou mais 390 casos de infeção por Covid-19 e oito mortes. O total de casos reportados desde o início da pandemia situa-se agora nos 196.944. Total de óbitos é de  9.024.

8h00 - Dados da Índia: País registou 467 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total de óbitos para 20.160, num dia em que o país ultrapassou as 700 mil infeções desde o início da pandemia.

7h30 - Dados da Argentina: A Argentina registou na segunda-feira 75 mortes devido ao novo coronavírus, um recorde diário desde o início da pandemia, que já causou 1.582 óbitos no país, anunciaram as autoridades.

6h50 - Situação na Austrália: As autoridades anunciaram hoje que vão impor o confinamento durante seis semanas em Melbourne, cidade com cerca de 4,9 milhões de habitantes, após o ressurgimento de casos de Covid-19. A medida entra em vigor a partir da meia noite de quarta-feira. 

6h20 - Dados do México: O México registou 480 mortos e 4.902 infetados nas últimas 24 horas, informaram as autoridades do país. Total de óbitos desde o início da pandemia subiu para 31.119 e o de contágios para 261.750.

6h15 - Dados da China: Pequim não registou nenhum novo caso de Covid-19 nas últimas 24 horas, pela primeira vez desde o início de junho, quando um surto foi detetado num mercado abastecedor no sul da capital chinesa

6h10 - Dados dos EUA. Os Estados Unidos registaram 54.999 infetados por covid-19 nas últimas 24 horas e elevou o total de casos confirmados para 2.931.142, de acordo com um balanço da Universidade Johns Hopkins.

6h00 - Bom dia! Siga-nos ao MINUTO e fique a par de todos os desenvolvimentos da pandemia em Portugal e no mundo. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório