Meteorologia

  • 14 JULHO 2020
Tempo
27º
MIN 20º MÁX 32º

Edição

AO MINUTO: Mais quatro mortes e 266 novos casos cá. China aprova vacina

A pandemia de coronavírus já provocou 10,2 milhões de contágios no mundo. Mais de 504 mil pessoas morreram e 5,5 milhões recuperaram do vírus. Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Mais quatro mortes e 266 novos casos cá. China aprova vacina

O governo britânico vai divulgar hoje a lista de países que serão incluídos nos primeiros 'corredores aéreos' com o Reino Unido a partir do início de julho. Por agora subsistem as dúvidas quanto à inclusão de Portugal nessa lista.

A corporação de Bombeiros de Queluz foi atingida por vários casos de Covid-19. Dez bombeiros testaram positivo para a doença causada pelo vírus SARS-CoV-2 e encontram-se em quarentena

No boletim epidemiológico desta segunda-feira, a Direção-Geral da Saúde (DGS) deu conta de 266 novos casos e mais quatro mortes. Portugal totaliza 41.912 pessoas infetadas e 1.568 óbitos desde o início da pandemia. O número de recuperados é 27.205. 

A situação nos Estados Unidos segue a agravar-se na sequência do ressurgimento de casos de infeção, principalmente nos estados do sul do país. Nas últimas 24 horas foram detetados 38 mil contágios no país, o mais afetado pelo coronavírus no mundo

O Brasil surge atrás dos Estados Unidos em número de casos e de óbitos. A Rússia é outro dos países mais atingidos, assim como a Índia, onde o vírus está a propagar-se a um ritmo alarmante. As autoridades de saúde indianas anunciaram um recorde diário no número de infeções e vários estados decidiriam reintroduzir bloqueios parciais ou totais para travar a Covid-19

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

16h03 - Este registo chega ao fim, mas pode continuar a acompanhar as mais recentes incidências do novo coronavírus em Portugal e no resto do Mundo neste novo registo. E já sabe, cumpra as regras de higiene e de distanciamento social e em caso de sintomas contacte a linha SNS 24 através dos números:

  • Nos Açores: 808 24 60 24
  • Em Portugal Continental: 808 24 24 24
  • Na Madeira: 800 24 24 20

15h59 - Pode consultar neste mapa interativo a evolução da pandemia de coronavírus no mundo. 

15h50 - O Departamento de Saúde e Assistência do Reino Unido referiu esta segunda-feira que no espaço de 24 horas foram identificados 815 novos casos e mais 25 mortes. O Reino Unido perfaz assim um número acumulado de 311.965 pessoas infetadas e um total de 43.575 óbitos

15h33 - Mais de 80% dos profissionais de saúde infetados com Covid-19 recuperaram e estão de novo a trabalhar, segundo dados avançados hoje pelo secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales. 

15h29 - Em declarações prestadas à CBS, o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, atribuiu aos "jovens indisciplinados" o ressurgimento de casos de infeção em vários estados do país. Pence salientou que os jovens não "respeitaram as medidas de segurança estabelecidas para cada fase da reabertura económica". 

15h22 - Graça Freitas defendeu hoje a "grande coerência nas medidas preventivas da DGS". "Recordo aqui que, desde o início, faziam parte quatro grandes medidas: o distanciamento físico, a higienização das mãos, a etiqueta respiratória e aconselhámos sempre a limpeza de superfícies", disse a diretora-geral da Saúde no briefing. 

Graça Freitas acrescentou que "há medida que foi havendo mais conhecimento" e ficou consolidado o uso das máscaras, "passou a ser recomendada a utilização complementar, repito, complementar, das máscaras". 

15h01 - O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, disse hoje que "não faz sentido uma discriminação" de Portugal na retoma de voos do Reino Unido com base no aumento de casos de Covid-19 na região de Lisboa.

"Portugal continuou hoje a ter uma taxa de letalidade muito inferior à do Reino Unido, continuamos a ter uma grande resposta dos nossos serviços de saúde, nós começámos a desconfinar muito antes do Reino Unido e de outros países, já levamos quase dois meses de desconfinamento, sem que o nível de crescimento dos internamentos ou das unidades de cuidados de saúde se tenha alterado", argumentou Siza Vieira. 

14h54 - Na conferência de imprensa desta segunda-feira da Direção-Geral da Saúde (DGS) e do Ministério da Saúde estão presentes Graça Freitas, a diretora-geral da Saúde, António Lacerda Sales, secretário de Estado da Saúde, e também o Coordenador do Gabinete Regional de Intervenção para a Supressão da Covid-19 em Lisboa e Vale do Tejo, Rui Portugal. Pode acompanhar aqui a conferência. 

14h48 - Atualmente, há 10 concelhos portugueses com mais de mil casos de Covid-19. Descubra quantos casos de contágio há no seu concelho

14h32 - A Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgou o boletim epidemiológico desta segunda-feira que dá conta de 266 novos casos e mais quatro óbitos no espaço de 24 horas. Portugal contabiliza um total de 41.912 casos de infeção e 1.568 vítimas mortais. O número acumulado de pessoas recuperadas é de 27.205.

14h27 - Dos 50 estados norte-americanos, 31 estão a registar um aumento no número de casos de infeção, refere a CNN. Entre estes 31 estados contam-se os estados do Arizona, Califórnia, Flórida, Massachusetts, Ohio e Texas. 

Em 15 estados, incluindo Nova Iorque, Nova Jérsia e Havai, a situação epidemiológica relacionada com a Covid-19 estabilizou. E apenas em quatro estados está a verificar-se uma descida no número de contágios: Connecticut, Delaware, New Hampshire e Rhode Island. 

Com o ressurgimentos de casos em tantos estados, as autoridades estão preocupadas com o feriado do dia 4 de Julho, data em que se comemora o Dia da Independência nos Estados Unidos. 

14h18 - O Irão registou o maior número diário de mortos desde o início do surto de coronavírus no país em fevereiro, divulgou o Ministério da Saúde iraniano. Morreram mais 162 pessoas nas últimas 24 horas e foram diagnosticados 2.536 casos positivos. 

O Irão totaliza 225.205 contágios e 10.670 vítimas mortais. 

14h00 - Os Açores registaram nas últimas 24 horas um novo caso positivo de Covid-19 na ilha de São Miguel, relativo a uma mulher, não residente na região, que desembarcou no arquipélago proveniente do território continental.

"O caso diagnosticado reporta-se a um indivíduo do sexo feminino, com 42 anos, não residente nos Açores, que desembarcou na região em 27 de junho, proveniente de ligação aérea com o território continental", adianta a Autoridade de Saúde Regional, que "das 514 análises realizadas nos dois laboratórios de referência da região nas últimas 24 horas", detetou este novo caso.

13h51 - O que nos torna mais susceptíveis ou resistentes? Respostas 'procuram-se'. Investigadores do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde (i3S), no Porto, vão procurar marcadores genéticos em indivíduos do Norte do país com o intuito de perceber o que os torna mais suscetíveis ou resistentes à infeção pelo SARS-CoV-2.

13h45 - A secretária de Estado adjunta e da Saúde, Jamila Madeira, afirmou hoje que o Governo está em contacto com os países emissores de turistas para que a situação epidemiológica da covid-19 em Portugal seja encarada como "dinâmica" e sob permanente avaliação.

"Cabe às autoridades e a todos os portugueses" terem um comportamento que "permita às autoridades diplomáticas e de saúde "demonstrar com números" aos outros estados a realidade e a "confiança que podem também transmitir aos seus cidadãos".

13h40 - DGS "não tem estado à altura do problema, nunca houve linha de conduta". Quem o diz é o líder do PSD, que esta segunda-feira lembrou, por exemplo, que "nunca houve uma linha de conduta, a começar pelo uso das máscaras".

13h34 - A pandemia da Covid-19 já matou mais de 501 mil pessoas em todo o mundo desde que a doença foi detetada na China, em dezembro, segundo um balanço da agência AFP.

Os Estados Unidos são o país onde se registou o maior número de mortes (125.803 em 2.549.069 casos), seguindo-se o Brasil (57.622 mortos em 1.344.143 casos), o Reino Unido (43.550 em 311.151 casos), a Itália (34.738 mortos em 240.310 casos) e a França (29.778 em 199.343 casos).

13h28 - "Percebo que nem toda a gente compreenda, mas os horários da Linha de Sintra têm de ser compatibilizados com os horários que vão para o Algarve (...) todos os horários acabarão por ser afetados. Esse é um trabalho que demora algum tempo e sem certezas de que no fim signifique que possamos aumentar a capacidade", disse o ministro Pedro Nuno Santos, em declarações aos jornalistas, em Lisboa. 

"Não temos alternativas fortes ao comboio. Todos compreendemos que um comboio transporta 2.000 pessoas (...)", justificou.

13h02 - Um incêndio num hospital de Alexandria, no Egito, causou a morte a sete pacientes que tinham Covid-19, avança o The Guardian. Outras sete pessoas ficaram feridas. 

12h57 - A comunidade autónoma das Astúrias é a primeira "livre" da Covid-19 em Espanha. A região não regista casos de contágio à 14 dias. 

12h43 - Um recluso do estabelecimento prisional do Vale do Sousa, em Paços de Ferreira, contraiu o coronavírus. Na passada sexta-feira, o homem foi ao Hospital de Penafiel para ter uma consulta de pré-cirurgia e foi testado à Covid-19, cujo resultado se revelou positivo. 

12h33 - A Liga Norte-Americana de Futebol (MLS) anunciou hoje que 20 jogadores testaram positivo para o novo coronavírus, a poucos dias do regresso da competição, parada há quatro meses devido à pandemia de Covid-19.

12h29 - O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, elegeu hoje como inspiração o antigo presidente dos Estados Unidos Franklin D. Roosevelt para a sua estratégia de relançamento da economia do Reino Unido

12h22 - A livraria Through de Looking Glass, no México, foi forçada a fechar as portas permanentemente face ao impacto da crise provocada pela pandemia, revela a CNN. Esta instituição da Cidade do México, que abriu em 1995, sobreviveu a sismos e a recessões mas o coronavírus mostrou ser um obstáculo insuperável. 

Notícias ao MinutoDepois de 25 anos de atividade, a livraria Through the Lookins Glass vai encerrar em definitivo por causa da pandemia© Getty Images

A câmara do comércio realça que o encerramento dos negócios é uma tendência crescente na Cidade do México, e estima que 40% dos pequenos negócios tenham de fechar portas, o que pode atirar para o desemprego um milhão de pessoas. 

12h12 - A Comissão Militar Central da China aprovou o uso de uma vacina no seio das forças armadas, de acordo com o The Guardian. A vacina foi desenvolvida em conjunto pela CanSino Biologics e pelo Instituto de Biotecnologia de Pequim. A CanSino adiantou que os dados recolhidos nos ensaios clínicos mostraram que a vacina tem um "bom perfil de segurança" e potencial para prevenir a Covid-19. 

Mais de metade das 17 vacinas que estão em ensaios clínicos e que foram identificadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS)  estão a ser desenvolvidas por empresas ou institutos chineses. 

11h59 - Subiu para quatro o número de vítimas mortais provocadas pelo surto em Reguengos de Monsaraz. 130 pessoas estão infetadas no lar de idosos da localidade alentejana. 

11h45 - A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, considerou hoje que "estigmatizar algumas freguesias" em relação à pandemia não resolve o problema e apresentou propostas "para aumentar a oferta de transportes públicos coletivos" e proteger a saúde das populações.

"Como aumentar comboios não é aparentemente possível no curto prazo" na Linha de Sintra, Catarina Martins propõe "desdobrar com transporte rodoviário" para garantir condições de segurança e evitar comboios sobrelotados onde o distanciamento entre passageiros é impossível.

11h40 - O ministério da Saúde do Afeganistão alertou que número real de casos de contágio no país é muito superior ao que os dados oficiais mostram, segundo o The Guardian. 

O número de casos confirmados no Afeganistão supera os 31 mil, mas o porta-voz do Ministério da Saúde, Akmal Samsour, ressalvou esta segunda-feira que o número real pode situar-se entre os 150 mil e os 1,5 milhões de infetados, uma vez que "apenas os pacientes com sintomas graves vão aos centros médicos". O Ministério da Saúde afegão admitiu a sua incapacidade ao nível de testes. 

11h23 - À medida que a procura por equipamentos de proteção individual dispara nos Estados Unidos, face ao ressurgimento de casos de infeção por SARS-CoV-2, aumentam significativamente os preços desses equipamentos, como informa o The Guardian. 

11h03 - Cerca de 92 milhões de máscaras racionadas foram vendidas em Macau desde o início da pandemia, no final de janeiro, divulgaram hoje as autoridades do território. 

10h44 - Metade dos habitantes de Tóquio - 51,7% - opõe-se à realizações dos Jogos Olímpicos do próximo ano, preferindo um novo adiamento ou então o cancelamento do evento, como dá conta uma sondagem recente. 

10h33 - Tóquio registou o maior número de novos casos de contágio desde o fim do estado de emergência. Desde ontem a capital japonesa identificou 60 casos, a maioria dos quais envolve jovens, revela o El País. 

10h24 - O Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da Coreia do Sul revelou que no espaço de 24 horas foram detetados 42 novos casos de infeção, 24 dos quais reportados em Seul e nas áreas metropolitanas em redor da capital sul-coreana. 

A Coreia do Sul perfaz agora um total de 12.757 contágios e 282 óbitos

10h17 - Numa entrevista à Times Radio, Boris Johnson admitiu que a crise espoletada pela crise de coronavírus tem sido um "desastre" para o Reino Unido. 

"Isto tem sido um pesadelo absoluto para o país e o país enfrentou um choque profundo. Mas nesses momentos temos a oportunidade de mudar e fazer as coisas melhor. Nós queremos reconstruir de uma forma melhor, fazer as coisas de uma forma diferente, investir em infraestruturas, transportes, rede de banda larga", frisou o primeiro-ministro britânico. 

10h06 - A Austrália registou o maior número diário de casos no espaço de dois meses, refere a Reuters. As autoridades australianas anunciaram que nas últimas 24 horas foram diagnosticados 85 casos de contágio, 75 dos quais foram identificados no estado de Victoria. 

A Austrália é um dos países que melhor tem gerido a crise pandémica. Totaliza 7.800 pessoas infetadas e 104 mortes. 

9h54 - Um relatório do grupo de trabalho britânico para a pandemia de Covid-19 refere que uma "proporção significativa" das pessoas que foram hospitalizadas com coronavírus "vão desenvolver sintomas" de stress pós-traumático, avança a CNN

9h41 - As principais cidades das Honduras retrocederam para a fase zero devido ao aumento de casos de Covid-19, adianta o El País. A decisão aplica-se à capital do país da América Central, Tegucigalpa, e à cidade de San Pedro Sula. As Honduras já contabilizam mais de 18 mil casos. 

9h29 - O mais recente balanço da Organização Mundial de Saúde (OMS) relativamente à evolução da pandemia de Covid-19 em África indica que o continente regista mais de 380 mil contágios e 9.552 óbitos. Mais de 181 mil pessoas recuperaram da doença. 

A África do Sul é o país mais atingido pelo vírus com 138.134 casos e 2.456 mortes. Segue-se o Egito que está perto das 64 mil infeções e soma mais de 2.700 mortes. 

9h20 - As autoridades russas revelaram que desde ontem foram identificados 6.719 casos de infeção e verificaram-se mais 93 mortes. De acordo com o centro de resposta russo à Covid-19, o número acumulado de casos no país é agora de 641.156 e o total de óbitos é de 9.166

9h13 - Hassan Rouhani, o presidente do Irão, disse este domingo que o país está a viver o ano mais duro da sua história por causas das sanções impostas pelos Estados Unidos e devido ao coronavírus, segundo a CNN

"Desde a guerra económica do inimigo à pandemia de coronavírus, este ano é o mais difícil na história do nosso país. Em 140 anos não experienciámos uma doença assim", sublinhou Rouhani, acrescentando que o uso de máscara vai passar a ser obrigatório a partir da próxima semana em locais onde o risco de infeção é mais elevado. 

Os casos confirmados de Covid-19 no Irão superam os 220 mil e a doença já causou mais de 10 mil vítimas mortais. 

8h54 - A Comissão de Saúde da China referiu que foram detetados 12 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, incluindo sete em Pequim. As autoridades chinesas não relataram novas mortes. 

De acordo com os dados oficiais, desde o início da pandemia a China registou 83.512 infetados e 4.634 mortos devido à doença.

8h51 - Nos países que desconfinaram, as populações vivem um novo normal, numa sociedade marcada por mais regras e precauções sanitárias. Restaurantes, lojas e hotéis adaptaram-se às novas circunstâncias. Veja como nesta fotogaleria

8h47 - O México registou no domingo 4.050 infeções e 267 mortes por Covid-19, elevando o total de casos para 216.852 e de óbitos para 26.648 desde o início da pandemia, informaram as autoridades. 

O subsecretário de Prevenção e Promoção da Saúde, Hugo López-Gatell, afirmou que o número de casos e de mortes permanece numa fase de crescimento, mas em desaceleração.

8h16 - O Ministério da Saúde peruano informou que foram identificados 3.430 casos nas últimas 24 horas, elevando o número total de infetados para 279.419. No mesmo período de tempo, as autoridades do país registaram 182 óbitos, elevando o número total de mortes para 9.317

O Peru é o sexto no mundo e o segundo na América Latina com mais infetados.

8h12 - O número de novos casos na Alemanha aparenta estar a estabilizar após o surto registado num matadouro em Gütersloh. O Instituto Robert Koch revelou que nas últimas 24 horas foram diagnosticados 262 contágios e verificaram-se mais quatro mortes. A Alemanha tem um número acumulado de 193.761 casos e um total de 8.961 vítimas mortais. O número de recuperados ascende aos 178.100.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório