Meteorologia

  • 13 ABRIL 2021
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 21º

Edição

Procuradores interrogam Conte por atraso no isolamento de duas cidades

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, está a ser interrogado por procuradores que investigam o facto de duas cidades na província de Bergamo, na Lombardia, não terem sido isoladas no início do surto do novo coronavírus em Itália.

Procuradores interrogam Conte por atraso no isolamento de duas cidades
Notícias ao Minuto

10:51 - 12/06/20 por Lusa

Mundo Covid-19

Médicos e virologistas disseram que o atraso de duas semanas na quarentena em Alzano e Nembro permitiu a propagação do vírus em Bergamo, que registou um aumento de 571% no excedente de mortes em março em comparação com a média dos últimos cinco anos.

A procuradora-chefe Maria Cristina Rota chegou com uma equipa de assessores na manhã de hoje ao escritório do primeiro-ministro em Roma, o Palácio Chigi.

Além de Conte, a procuradora deve questionar os ministros da Saúde e do Interior de Itália.

A Itália registou o seu primeiro caso de infeção local pelo novo coronavírus em 21 de fevereiro na província de Lodi, na Lombardia, e 10 cidades da província foram imediatamente bloqueadas para tentar conter a propagação do vírus.

Alzano e Nembro registaram os seus primeiros casos dois dias depois, em 23 de fevereiro, mas o Governo não os colocou em quarentena por duas semanas até que toda a Lombardia fosse fechada em 07 de março.

Conte disse ao jornal La Stampa que agia com base na "ciência e consciência".

Itália registou um total de 236.142 infetados com covid-19 e 34.167 vítimas mortais desde que começou a pandemia no país, a 21 de fevereiro.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 418 mil mortos e infetou mais de 7,4 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório