Meteorologia

  • 06 JULHO 2020
Tempo
28º
MIN 19º MÁX 37º

Edição

Covid-19: Morreu em Itália o primeiro recluso infetado. Pertencia à máfia

Trata-se de Vincenzo Sucato, alegado membro da máfia de Misilmeri. Estava a recuperar num hospital de Bolonha.

Covid-19: Morreu em Itália o primeiro recluso infetado. Pertencia à máfia

Morreu, nesta quinta-feira, o primeiro preso infetado com Covid-19 no hospital civil de Bolonha.

Vincenzo Sucato, alegado membro da máfia de Misilmeri, anteriormente confinado a um estabelecimento prisional de alta segurança, tinha sido hospitalizado há alguns dias numa Unidade de Cuidados Intensivos.

Cidadão italiano e com 76 anos, Sucato sofria de outras patalogias, como avançou a imprensa italiana no dia de hoje.

Sucato tinha sido preso em dezembro de 2018 por crimes associados à máfia. A aguardar ainda um primeiro julgamento, este habitante transalpino chegou à prisão de Dozza em Bolonha em agosto de 2019.

Foi hospitalizado a 26 de março com múltiplas patologias, padecendo de várias dificuldades respiratórias. Desta forma, entrou no hospital não como um paciente de Covid-19, no entanto, foi submetido a um exame de despite, acabando por testar positivo. Enquanto isso, no dia 28, Sucato, sob decisão de um tribunal siciliano, foi colocado numa prisão domiciliária do respetivo hospital onde se encontrava.

"Ele estava numa cela na companhia de outro preso assintomático, bem como com outras pessoas que tinham estado em contacto com ele", referiu à ANSA Antonietta Fiorillo, presidente do Tribunal de Vigilância de Bolonha. Se o tema das prisões já se tornou um dos temas mais mediáticos por Itália, devido ao risco de contágio, o assunto promete agora ganhar outros contornos após este óbito.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório