Meteorologia

  • 03 ABRIL 2020
Tempo
20º
MIN 8º MÁX 20º

Edição

Trump reverte decisão de Obama e permite uso de minas antipessoais

Foi autorizada a produção e utilização de minas que podem ser desligadas remotamente.

Trump reverte decisão de Obama e permite uso de minas antipessoais

O presidente norte-americano, Donald Trump, aligeirou as restrições aplicadas por Barack Obama para a produção e uso de minas antipessoais, justificando a sua decisão com uma nova geração de explosivos de alta tecnologia que irá proteger as forças armadas dos Estados Unidos.

Donald Trump deu, assim, luz verde à produção e utilização de minas que podem ser desligadas remotamente.

"Esta nova política vai permitir aos militares usarem, em circunstâncias excecionais, minas antipessoais avançadas e não permanentes, projetadas especificamente para reduzir ferimentos a civis e parceiros de coligação", explica o executivo de Trump.

"O Departamento de Defesa determinou que as restrições impostas às forças americanas pelas políticas da administração Obama podem colocá-las em séria desvantagem durante um conflito com os nossos adversários", lê-se num comunicado divulgado pela Casa Branca, citado pela AFP.

"O presidente não está disponível para aceitar este risco para as nossas tropas", acrescenta, sublinhando que o líder republicano está "a reconstruir o exército, e está mais forte que nunca".

Em 2014, recorde-se, o ex-presidente democrata Barack Obama tinha banido a produção ou compra de minas antipessoais, o que colocava o país em linha com o Tratado de Ottawa, ratificado em 1997, sobre a Proibição da Utilização, Armazenagem, Produção e Transferência de Minas Antipessoais e sobre a Sua Destruição - assinado por 164 países, incluindo Portugal.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório