Meteorologia

  • 01 ABRIL 2020
Tempo
12º
MIN 7º MÁX 14º

Edição

Macron diz que negar a existência de Israel é antissemitismo

O Presidente francês, Emmanuel Macron, considerou hoje que negar o direito a existir do Estado de Israel é antissemitismo, durante uma visita a Jerusalém.

Macron diz que negar a existência de Israel é antissemitismo
Notícias ao Minuto

13:29 - 22/01/20 por Lusa

Mundo Macron

"O antissionismo, enquanto negação da existência de Israel como Estado, é antissemitismo", disse Macron numa conferência de imprensa conjunta com o homólogo israelita, Reuven Rivlin.

"Isso não quer dizer que passaria a ser impossível discordar ou criticar esta ou aquela ação do governo de Israel, mas a negação da sua existência corresponde hoje em dia a uma forma contemporânea de antissemitismo", acrescentou.

Emmanuel Macron, e 40 outros dirigentes mundiais, incluindo o Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, participam em Israel nas cerimónias que assinalam o 75.º aniversário da libertação do campo de concentração de Auschwitz.

"Em muitos dos nossos países, e também em França, a sombra negra do antissemitismo alarga-se, renasce [...], e não diz apenas respeito aos judeus mas ao nosso destino comum e, no que a França diz respeito, a toda a República", afirmou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório