Meteorologia

  • 03 ABRIL 2020
Tempo
MIN 8º MÁX 20º

Edição

Energia é um catalisador do crescimento em África

A Câmara de Energia Africana (CEA) considerou hoje que o setor energético do continente é um catalisador do crescimento e do desenvolvimento, e desafiou os investidores a não se excluírem dos "rápidos avanços" no panorama energético.

Energia é um catalisador do crescimento em África
Notícias ao Minuto

14:51 - 09/12/19 por Lusa

Mundo África

"Os industriais e os investidores precisam de manter-se a par dos rápidos avanços no panorama da energia em África, que é um catalisador para o crescimento e o desenvolvimento em todo o continente africano", lê-se no primeiro relatório da organização sobre as Perspetivas de Energia em África.

O relatório, apresentado durante o Fórum dos Países Exportadores de Gás, na semana passada, em Malabo, foi hoje divulgado para fornecer "uma visão determinante sobre o que a indústria do petróleo e gás na África subsaariana pode esperar do próximo ano e para dar um olhar panorâmico sobre o papel que o setor pode desempenhar nas economias em desenvolvimento" no continente.

Reconhecendo que o setor do petróleo e gás foi "significativamente afetado pela queda dos preços do petróleo", o relatório defende que "2019 provou ter sido um ano de recuperação para muitas economias africanas".

Há vários projetos que foram retomados depois de terem sido suspensos, outros de larga escala foram lançados e outros ainda viram a sua previsão de exploração e produção ser aumentada, pelo que "o continente vai inquestionavelmente ver um crescimento acelerado nos próximos anos".

No relatório, são destacados novos projetos petrolíferos nalguns países, entre os quais Angola, Gana, Senegal e Nigéria, bem como projetos de gás na Mauritânia, República do Congo, Etiópia, África do Sul e Camarões.

"Para desbloquear esta nova fase de transformação no setor, o acesso ao mercado e a cooperação intra-africana serão críticos, particularmente nos projetos de petróleo e gás e na criação de infraestruturas", lê-se no documento.

O acesso ao mercado, salientam, "está cada vez mais na agenda os produtores africanos atuais e futuros, com vários 'pipelines' de petróleo e de gás a cruzarem países para desbloquear milhares de milhões de dólares".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório