Meteorologia

  • 13 NOVEMBRO 2019
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Hindus ganham batalha legal por novo espaço na Índia

Depois de décadas de espera, os hindus vão poder construir um templo ao deus Ram num lugar sagrado da cidade de Ayodhya (Norte da Índia), onde os muçulmanos rezaram durante séculos, segundo uma decisão do Supremo Tribunal indiano.

Hindus ganham batalha legal por novo espaço na Índia
Notícias ao Minuto

12:42 - 09/11/19 por Lusa

Mundo Índia

O veredicto do tribunal foi conhecido hoje e concede aos hindus a autorização para construir um templo onde acreditam que terá nascido o deus Ram e onde, durante séculos, os muçulmanos rezaram até ter sido destruída a sua mesquita Babri, em 1992.

O tribunal decidiu atribuir aos muçulmanos um lugar alternativo em Ayodhya para que possam construir uma nova mesquita.

No entanto, a comunidade muçulmana daquela região já anunciou que vai analisar a hipótese de recorrer da decisão: "Respeitamos a decisão mas não estamos satisfeitos", afirmou o advogado que defende os muçulmanos.

Teme-se que a decisão judicial reabra feridas religiosas na Índia. A disputa centra-se em torno da mesquita de Babri, construída no século XVI e onde a comunidade muçulmana prestou culto durante séculos até ter sido derrubada pelos hindus.

A destruição da mesquita em 1992 provocou tumultos entre hindus e muçulmanos nos quais morreram cerca de duas mil pessoas.

O perigo da decisão num país de maioria hindu (79,8%) - com uma das populações muçulmanas mais importantes (14,2%) - é que se volte a quebrar a harmonia religiosa e sejam desencadeados novamente distúrbios.

Aqueles foram os piores confrontos entre as duas comunidades desde a divisão do subcontinente indiano em 1947, após a independência do Império Britânico.

Mais recentemente, em 2002, houve novos distúrbios contra a minoria muçulmana no estado oriental de Gujarat, então governado pelo atual primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, que causou quase mil mortes.

Ativistas e académicos defenderam que o problema foi explorado por organizações hindus conservadoras, como o Vishwa Hindu Parishad (VHP) ou o partido nacionalista hindu Bharatiya Janata Party (BJP), atualmente no Governo, para obter ganhos políticos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório