Meteorologia

  • 14 NOVEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Catalunha: Manifestantes atropelados pela polícia e carros incendiados

Os protestos voltam a culminar em violência. Há relatos de veículos incendiados e de várias cargas policiais sobre os manifestantes em Barcelona e noutras cidades da Catalunha.

Catalunha: Manifestantes atropelados pela polícia e carros incendiados

A Catalunha está a ferro e fogo. A terceira noite consecutiva de protestos volta a ser marcada por confrontos entre a polícia e manifestantes e há registo de diversos incidentes em Barcelona e noutras cidades da região. 

De acordo com a Cadena Ser, dois manifestantes foram atropelados por duas carrinhas dos Mossos d'Esquadra em Tarragona. Um dos manifestantes atropelados foi transportados para o hospital e está consciente. 

Em Girona, a situação está igualmente tensa. O La Vanguardia dá conta de confrontos entre os manifestantes e a polícia. As forças policiais já dispararam balas de espuma para dispersar a multidão. 

Em Lleida também estão a ser noticiados confrontos entre protestantes e as autoridades. 

Já na principal cidade da Catalunha, Barcelona, o epicentro dos protestos, os manifestantes estão a incendiar contentores do lixo e veículos. Há registo de 45 focos de incêndio espalhados pela cidade, a maioria na zona de Eixample.

Pelo menos ciinco carros foram incendiados.

Os Mossos d'Esquadra e a Policía Nacional estão a deixar as suas posições na esquina da Gran Via e de Nápoles. As linhas policiais foram atingidas por diversos objetos lançados pelos manifestantes. Estima-se que 22 mil pessoas estejam neste local, uma das principais vias da cidade de Barcelona. 

Reações políticas à violência dos protestos

A violência destes protestos está a motivar várias reações políticas. Gabriel Rufián, deputado do ERC, pediu o fim da violência nas ruas das cidades catalãs. "Não é desobediência civil. É violência. Não é uma atuação policial. É uma selvajaria. Já chega", escreveu no Twitter. 

Carles Puigdemont, ex-presidente da Generalitat também reagiu nesta rede social. "Viram estes incendiários a esconder urnas ou a imprimir cédulas? Nunca estiveram entre nós. Não precisamos de violência para ganhar. O estado é que precisa de violência para nos derrotar", salientou o antigo governante, que está exilado. 

[Notícia atualizada às 23h17]

Leia Também: Manifestantes catalães atiraram papel higiénico. "Há muito para limpar"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório