Meteorologia

  • 15 NOVEMBRO 2019
Tempo
MIN 8º MÁX 13º

Edição

Cadela detetou mudança que salvou vida à dona. E não a largou no hospital

Ruby é uma cadela treinada para ajudar pessoas com ansiedade, mas acabou mesmo por detetar doença da dona.

Shauna Darcy adotou Ruby como cadela de assistência por causa das várias condições de saúde de que sofre: ansiedade, depressão e agorafobia. Era suposto o animal ajudá-la a lidar com essas condições, mas Ruby fez muito mais do que isso.

A cadela, que é treinada para detetar sinais de alarme ao nível de saúde, conseguiu alertar a dona, agindo de forma diferenciada (dava a pata, subia para cima da mulher). Shauna foi ao médico e acabou por descobrir que a cadela detetava alterações na sua frequência cardíaca, o que levou ao diagnóstico de uma  condição cardíaca rara: Síndrome de Ehlers-Danlos, do tipo IV, escreve o La Stampa.

Desde esta altura que a cadela ajuda Shauna na monitorização da frequência cardíaca e da tensão, acalmando-a durante ataques de pânico e transportando medicação de emergência, por exemplo.

Não foi aqui, porém, que Ruby salvou a vida à dona.

Na semana passada, Ruby começou a alertar Shauna para algo que não estava bem, e a dona não fazia ideia do que se passava porque se sentia bem. Ainda assim, confiou no instinto da cadela e chamou a ambulância. "O meu coração estava a entrar em fibrilhação auricular. Quando os paramédicos chegaram, já estava cheia de dores e quase inconsciente", afirmou Shauna.

Uma vez no hospital, Ruby nunca abandonou a cama da dona, que entretanto já teve alta.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório