Meteorologia

  • 19 MAIO 2019
Tempo
20º
MIN 19º MÁX 21º

Edição

Novo IRA: Detida responsável pela morte de jornalista. É uma mulher

A polícia da Irlanda do Norte anunciou hoje que prendeu uma mulher no âmbito da lei antiterrorismo, pelo homicídio da jornalista Lyra McKee.

Novo IRA: Detida responsável pela morte de jornalista. É uma mulher
Notícias ao Minuto

09:17 - 23/04/19 por Lusa

Mundo Irlanda do Norte

A mulher, de 57 anos, foi presa hoje no âmbito das ações antiterroristas (Terrorism Act).

Um grupo dissidente do Exército Republicano Irlandês (IRA, sigla em inglês), conhecido por Novo IRA, admitiu que um dos seus "voluntários" matou McKee.

A jornalista foi morta a tiros enquanto relatava tumultos que estavam a ocorrer em Londonderry.

Num comunicado divulgado hoje no Irish News, o Novo IRA pediu desculpas "completas e sinceras" à família e amigos de McKee.

O grupo disse que a jornalista, de 29 anos, foi morta durante a agitação da noite de quinta-feira "enquanto estava ao lado das forças inimigas" - uma referência à polícia.

O IRA e a maioria dos outros grupos separatistas desarmaram-se desde o acordo de paz da Irlanda do Norte, em 1998.

O Novo IRA foi formado por grupos dissidentes opostos ao processo de paz.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório