Meteorologia

  • 25 ABRIL 2019
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 16º

Edição

Notre-Dame: Reconstrução é possível, mas não será "como antes"

A catedral de Notre Dame, com a fachada salva, mas ainda a ser avaliada pelos bombeiros, acordou hoje com o exterior quase intacto e o interior destruído pelo incêndio que só foi controlado de madrugada.

Notre-Dame: Reconstrução é possível, mas não será "como antes"
Notícias ao Minuto

12:24 - 16/04/19 por Lusa

Mundo Catedral

Parisienses e visitantes, às centenas hoje nas imediações do monumento, mostram-se consternados e emocionam-se mas acreditam na reconstrução.

"É muito emocionante estar aqui. Penso que é possível reconstruir a catedral, temos os meios, especialmente o Governo e o Presidente prometeu ontem [segunda-feira] que haverá esse esforço. E depois, cabe a cada um de nós meter as mãos no bolso e ajudar", disse Judith, que vive nas imediações de Paris e veio esta manhã rezar e ver com os seus próprios olhos os estragos em Notre-Dame.

Tal como centenas de parisienses e turistas, Judith aproxima-se o mais possível da Catedral, do lado da praça de Saint Michel.

A área mais próxima da catedral ainda está cercada por um perímetro de segurança reservado a bombeiros, polícias e jornalistas, com dezenas de viaturas das autoridades francesas, contactou a agência Lusa no local.

A fachada principal e os torrões continuam a impor-se na pequena ilha de la Cité, entre as duas margens do rio Sena. O lado Norte e o telhado, com a queda do pináculo, foram as partes mais afetados e os bombeiros continuam os trabalhos de inspeção nos diversos níveis da estrutura, mantêm-se ainda os braços articulados que orientavam ontem os jatos de água, mas que servem agora apenas para chegar mais perto a áreas inacessíveis nas diferentes fachadas.

Quem vai passando do lado da margem esquerda do Sena, reza, emociona-se e vai comentando o incêndio que chocou a França e o Mundo. "Viemos por curiosidade e claro que acreditámos porque vimos na televisão, mas é um choque à mesma. Vemos este monumento todos os dias e dói vê-lo assim", disse Melina, aluna do liceu Moliére, no 16º bairro, que veio com as colegas testemunhar a destruição da catedral.

As jovens acreditam que é possível reconstruir, mas que "nunca será como antes". Entre segunda e terça-feira, já foram disponibilizados cerca de 360 milhões de euros para a reconstrução da catedral, grande parte vindo de doações das maiores fortunas francesas. Também várias recolhas de fundo estão já a ser organizadas em toda a França.

Também os turistas, apanhados pela tragédia, não tiram os olhos de Notre-Dame. "Há muitos anos que vimos a Paris e somos católicos. Estivemos na Notre-Dame na missa do último domingo e não conseguimos acreditar ainda. Este é um local que não pertence só a França, é do Mundo. O mais difícil de aceitar que nunca será o mesmo", lamentou Richard, que está a visitar a cidade com a mulher, o irmão e a cunhada vindos do estado do Kentucky, nos Estados Unidos.

O incêndio na catedral de Notre-Dame, um dos edifícios icónicos de Paris e da arte gótica, foi declarado extinto pelas autoridades francesas pouco antes das 10h00 (9h00 em Portugal). O incêndio, que demorou cerca de 15 horas até ser extinto, começou na segunda-feira, cerca das 18h50 locais (17h50 em Portugal).

A Procuradoria de Paris disse que os investigadores estavam a considerar o incêndio como um acidente.

No local, o Presidente francês, Emmanuel Macron, afirmou que o pior tinha sido evitado e prometeu que a catedral do século XII será reconstruída.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório