Meteorologia

  • 25 ABRIL 2019
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 14º

Edição

Vídeo da extrema-direita israelita brinca com o cheiro do 'fascismo'

Faz parte da campanha do partido Nova Direita para as legislativas de Israel e tenta desvalorizar algumas das críticas feitas à atual ministra da Justiça.

Notícias ao Minuto

15:00 - 21/03/19 por Fábio Nunes 

Mundo Polémica

O novo vídeo de campanha para as eleições legislativas em Israel do partido Nova Direita está a dar que falar. O vídeo é protagonizado por Ayelet Shaked, a ministra da Justiça israelita, que surge como se estivesse num anúncio a um perfume. Um perfume chamado ‘Fascismo’.

O tom do vídeo é de clara ironia às críticas que têm sido dirigidas a Shaked e às acusações de fascismo de que tem sido alvo.

As imagens da ministra em ‘slow motion’ com o seu cabelo a ser soprado e música de fundo de um piano assemelham-se à publicidade típica dos perfumes. Mas a mensagem é outra.

“Revolução Judicial. Apontar juízes. Governação. Separação de poderes. Restrições ao Supremo. Fascismo”, diz Ayelet Shaked. De seguida, a ministra pulveriza o perfume, dizendo “cheira-me a democracia”.

Shaked, que é ministra através da coligação com o partido do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, defende a supressão de organizações de direitos humanos e neste vídeo de campanha refere-se a algumas das medidas que tentou implementar, como a reestruturação do sistema judicial israelita.

As eleições legislativas em Israel realizam-se no dia 9 de abril.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório