Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2018
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 10º

Edição

Ex-líder do KKK elogia Bolsonaro. "Ele soa como nós"

David Duke considera que Bolsonaro é "um candidato muito forte" que "está a falar sobre o desastre demográfico que existe no Brasil". Única crítica do ex-líder do grupo racista KKK é a proximidade do candidato de extrema-direita brasileiro a Israel.

Ex-líder do KKK elogia Bolsonaro. "Ele soa como nós"
Notícias ao Minuto

17:42 - 16/10/18 por Notícias Ao Minuto 

Mundo David Duke

O ex-líder do grupo racista Ku Klux Klan (KKK), David Duke, elogiou Jair Bolsonaro, candidato da extrema-direita às eleições presidenciais no Brasil, cuja segunda volta está marcada para 28 de outubro.

“Ele [Bolsonaro] soa como nós. E também é um candidato muito forte. É um nacionalista”, disse David Duke num programa de rádio citado pela BBC. “Ele é totalmente um descendente europeu. É parecido com qualquer homem branco nos Estados Unidos, em Portugal, Espanha, Alemanha ou França. Ele está a falar sobre o desastre demográfico que existe no Brasil e a enorme criminalidade que lá existe, como por exemplo nos bairros negros do Rio de Janeiro”, acrescentou Duke.

A única crítica do ex-líder do KKK a Bolsonaro prende-se com o facto de o candidato de extrema-direita ter proximidade com Israel. “Ele vai fazer coisas a favor de Israel, e acredito que ele esteja a tentar adotar a mesma estratégia de Trump”, disse Duke, apoiante do atual presidente norte-americano, que considera a proximidade de Trump com Israel como uma forma de obter apoio dos judeus nacionalistas. “Acho que Trump sabe que o poder judaico está a leva a América, a Europa e o mundo ao desastre. Então, o que ele está a tentara fazer é tentar ter uma relação positiva com os judeus nacionalistas em Israel, como forma de obter apoio”.

David Duke é conhecido por defender a supremacia branca e por negar o Holocausto. O KKK está presente nos Estados Unidos desde o século XIX, e defende a superioridade dos descendentes de europeus sobre os negros e os judeus. O grupo foi responsável por vários ataques terroristas e linchamentos nos Estados Unidos, quase sempre dirigidos contra negros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório