Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2018
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 10º

Edição

Interpol diz que presidente, preso na China, se demitiu este domingo

No mesmo dia em que a China confirmou ter detido o diretor da Interpol, que estava desaparecido desde o final de setembro, a organização policial internacional informa que este entregou a sua demissão com efeitos imediatos.

Interpol diz que presidente, preso na China, se demitiu este domingo
Notícias ao Minuto

20:23 - 07/10/18 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Meng Hongwei

A Interpol indicou este domingo que Meng Hongwei, o diretor da filial francesa da organização que estava desaparecido desde o final de setembro, se demitiu do cargo com efeitos imediatos.

"Hoje, domingo, dia 7 de outubro, a secretaria-geral da Interpol de Lyon, em França, recebeu a demissão com efeitos imediatos de Meng Hongwei como presidente da Interpol", indicou a organização policial internacional em comunicado, citado pelo New York Times.

Estas notícias surgem pouco depois da China ter confirmado, também este domingo (na segunda-feira, à hora local), a detenção do ex-presidente, por alegada e "grave violação da legislação estatal".

A Comissão nacional de supervisão (o órgão anticorrupção chinês) informou sobre a detenção de Meng dias depois do seu desaparecimento. Os motivos para a detenção não foram avançados.

Meng, recorde-se, ocupava a pasta de ex-ministro-adjunto para a Segurança Pública do governo chinês antes de ser nomeado como dirigente máximo da Interpol em novembro de 2016.

O sul-coreano Kim Jong Yang irá substituir Meng de forma provisória no cargo de presidente da organização, em Lyon, adiando o anúncio do novo responsável para novembro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório