Meteorologia

  • 18 FEVEREIRO 2018
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 11º

Edição

Como reduzir a quantidade de açúcar na dieta dos mais novos

Eles não resistem, mas a saúde também não. Aprenda a reduzir a quantidade de açúcar que os mais novos consomem diariamente.

Como reduzir a quantidade de açúcar na dieta dos mais novos
Notícias ao Minuto

07:38 - 17/01/18 por Daniela Costa Teixeira

Lifestyle Dicas

O contacto das crianças com o açúcar começa ainda em bebés, quando as primeiras papas industrializadas são introduzidas na alimentação e a criança ganha o ‘gosto’ ao doce e habitua-se a um sabor mais agradável.

Com o avançar da idade, o contacto com o açúcar torna-se mais frequente e grave, pois este ingrediente está em várias formas presente num vasto leque de alimentos, desde os iogurtes aos leites achocolatados, passando pelos sumos, pelos pães, pelas bolachas, pelos rebuçados e até mesmo pelas refeições fast-food e pré-confecionadas que muitas vezes servem par ‘desenrascar’ um jantar mais apressado.

Por ser de fácil consumo, o açúcar acaba por ter um impacto direto e negativo na saúde da criança, aumentando o risco de obesidade, diabetes tipo 2, hiperatividade e cáries dentárias.

Mas, estando o açúcar presente em quase todos os alimentos, como podem os pais reduzir este ingrediente nocivo da alimentação dos mais novos? Segundo alguns truques simples e práticos, diz o The Independent no seu site.

Em primeiro lugar, há que dar asas à imaginação e fazer dos vegetais protagonistas. Como? Substituindo a manteiga por húmus (pasta de grão-de-bico), os cremes de chocolate por pastas de avelã e cacau, usar manteiga de amendoim e compota caseira, etc.

Ter na despensa um vasto leque de opções saudáveis – como as mencionadas acima ou ainda milho para pipocas, tostas integrais, gelatinas vegan e adoçadas com stevia, frutos secos, frutos desidratados, etc. - é também uma mais-valia, pois dá oportunidade de escolha aos mais novos, diminuindo a tentação de ‘chorar’ por um pacote de bolachas repleto de açúcar, gordura saturada e até mesmo óleo de palma.

Não comprar refrigerantes e bebidas energéticas e colocar na mesa às refeições apenas água ou água aromatizada com vegetais, especiarias e ervas aromáticas é outra opção a ter em conta, assim como planear as refeições e incluir os mais novos no desafio de descobrir a receita mais saudável de todas. Para que o planeamento dê certo, importa comprar vegetais suficientes para conseguir assegurar o seu consumo ao longo da semana (caso a ida semanal ou diária ao mercado não seja possível, pode-se sempre optar pelos vegetais congelados).

Não proibir os mais novos de nada – mas controlando sempre o consumo dos alimentos saudáveis, alertando as crianças para os riscos a eles associados – e fazer desta tarefa de reduzir o consumo de açúcar uma tarefa de família são outros conselhos dados pela publicação.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.