Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2019
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 27º

Edição

Cancro: Alimentos demasiado tostados voltam a preocupar

Acrilamida. Este é o nome que volta a estar no centro das atenções e das preocupações. Agora é a Agência de Normas Alimentares do Reino Unido a lançar um novo alerta.

Cancro: Alimentos demasiado tostados voltam a preocupar

Alimentos tostados, processados ou cozinhados a altas temperaturas podem causar cancro. Este não é um alerta novo, mas a Agência de Normas Alimentares do Reino Unido volta agora a trazer o tema para o centro das preocupações.

Em 2014, a Ordem dos Nutricionistas emitiu um comunicado em que cita a Autoridade Europeia de Segurança Alimentar (EFSA) e desataca que o pão, as batatas fritas, algumas papas para bebé e até mesmo o café podem ser potenciadores de cancro. Em causa, está o facto de as temperaturas demasiado elevadas para tostar o pão, torrar o café e fritar as batatas, por exemplo, proporcionarem o desenvolvimento de acrilamida.

Em 2015, um estudo do Conselho Superior de Investigações Científicas de Espanha concluiu que um em cada cinco pacotes de batatas fritas contêm acrilamida, uma substância cancerígena que se forma a partir da água, açúcares e dos aminoácidos quando a confeção do alimento é feita acima dos 120 graus. No mesmo ano, a mesma Autoridade Europeia de Segurança Alimentar (EFSA) volta a alertar para o facto de a acrilamida nos alimentos ser uma “preocupação para a saúde pública”, uma vez que existem evidências científicas do impacto que tem no ADN e no aparecimento de cancro.

No ano passado, a Agência de Normas Alimentares do Reino Unido já tinha feito soar o alerta, focando-se nas batatas fritas. À data, foram lançados alguns conselhos e emitidas algumas medidas, contudo, as evidências não param de crescer e um novo alerta voltou a soar.

Embora o risco de cancro não tenha ainda sido ainda comprovado em humanos pela Cancer Research UK, como destaca a BBC, a imprensa britânica dá conta de uma nova chamada de atenção por parte do organismo que regula a qualidade dos alimentos.

A nova campanha pede às pessoas que fritem batatas até que estas fiquem com uma cor dourada e não mais do que isso. Também o pão pode ser torrado, desde que não fique queimado. Além disso, salienta a possível presença de acrilamida em cereais, produtos processados à base de batata, bolachas, biscoitos e snacks vários. As bases de pizza já cozinhadas são também um alimento a ter em atenção, assim como os tubérculos quando cozinhados.

Assar ou fritar batata, batata-doce, beterraba, nabo, patisnaga apenas deve ser feito a uma temperatura controlada, e até que o alimento fique cozinhado e não tostado, como destaca o The Independent.

Seguir as regras de confeção dos alimentos embalados é uma das recomendações da Agência de Normas Alimentares do Reino Unido, que destaca ainda a importância de não armazenar batatas cruas no frigorífico, devendo ser guardadas num local seco e fresco e com temperaturas acima dos seis graus, de forma a que o amido não se altere quando o alimento entrar em contacto com temperaturas elevadas, lê-se na BBC.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório