Dia Mundial do Cancro da Mama. Conheça os mitos e as verdades

Em Portugal há cinco mil novos casos de cancro da mama por ano. No dia em que se assinala mundialmente esta doença, 19 de outubro, destacamos os mitos e verdades que deve conhecer.

© iStock
Lifestyle Saúde

Com tanta gente a sofrer com esta doença – pacientes oncológicos e as suas famílias e amigos que também se envolvem na sua luta – é normal que exista mesmo muita informação disponível. Mas, infelizmente, também há muita informação errada.

PUB

Outubro é o mês da sensibilização para o cancro da mama e hoje, 19 de outubro, assinala-se o Dia Mundial do Cancro da Mama.

O programa de televisão Kris TV destaca os principais mitos e verdades sobre esta doença.

Mito: A maior parte dos cancros da mama são hereditários. Verdade: Estima-se que apenas 5 a 10% dos cancros da mama sejam hereditários.

Mito: Não há nada que se possa fazer para diminuir o risco de desenvolver cancro da mama. Verdade: 90% dos cancros da mama devem-se em grande parte ao estilo de vida e aos fatores ambientais. Manter um peso saudável, praticar exercício físico regularmente, fazer uma alimentação saudável, não fumar e limitar o consumo de álcool são coisas que pode fazer para reduzir o risco de desenvolver este cancro.

Mito: Os sutiãs provocam cancro da mama. Verdade: Os sutiãs com aro não provocam cancro da mama. Um estudo realizado em 2014 provou que na verdade não há nenhuma diferença entre as mulheres que usam sutiã e as que não usam, em termos do risco de desenvolver a doença.

Mito: Fazer mamografias regularmente previne o cancro da mama. Verdade: As mamografias não previnem o cancro da mama, mas podem salvar vidas ao permitirem identificar o tumor o mais depressa possível, permitindo uma maior probabilidade de tratamento e cura.

Mito: Os antitranspirantes provocam cancro da mama. Verdade: Até hoje não há nenhuma prova científica que sustente que os antitranspirantes provocam cancro da mama, mesmo devido à acumulação de toxinas ou à exposição ao alumínio.

Veja ainda os 11 sintomas de cancro da mama mais ignorados

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS