Meteorologia

  • 16 ABRIL 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 26º

Vacina Covid. Terceira dose mostra eficácia contra Ómicron

Saiba o que revela um estudo brasileiro.

Vacina Covid. Terceira dose mostra eficácia contra Ómicron
Notícias ao Minuto

23:39 - 30/01/23 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Coronavírus

Um estudo feito pela Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) e da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, no Brasil, revela que a terceira dose da vacina contra a Covid-19 tem a capacidade de neutralizar a variante Ómicron. Segundo os cientistas, os vacinados têm mais anticorpos capazes de neutralizar o vírus.

"Ainda que alguns dos testados previamente infetados pudessem apresentar uma maior quantidade de anticorpos que reconhecia o vírus, os vacinados com três doses apresentavam uma melhor qualidade de anticorpos, ou seja, que não apenas reconheciam como efetivamente neutralizavam o SARS-CoV-2", explica o professor Jaime Henrique Amorim, em declarações à FAPESP.

Leia Também: Covid-19. "Não há dúvida" que novo coronavírus veio para ficar, diz OMS

Os dados analisados foram recolhidos entre janeiro e março de 2022, durante um surto de Covid-19 causado pela variante Ómicron na Bahia. Entre os participantes infectados pela estirpe, 80% não tinham sido vacinados com a terceira dose do imunizante.

De acordo com os investigadores, os anticorpos presentes nos vacinados são capazes de neutralizar a Ómicron, o que não acontece com as células de defesa de quem não completou o esquema vacinal ou não foi imunizado com nenhuma das doses da vacina. 

Os cientistas também analisaram a importância de uma quarta dose. "Aparentemente, a quarta dose é tão importante como a terceira. Enquanto novas vacinas feitas especialmente para as novas variantes não estão disponíveis, é fundamental manter os níveis de anticorpos neutralizantes altos  na população, o que só se consegue com as doses adicionais", afirma um dos autores do estudo, Robert Andreata-Santos.

Leia Também: Covid. Manter alerta máximo é concordante com "posição cautelosa" da OMS

O que fazer se apresentar sintomas de Covid-19:

Mantenha a calma e evite deslocar-se aos hospitais. Fique em casa e ligue para o SNS 24 (808 24 24 24). Escolha a opção 1 (para outros sintomas deve escolher a opção 2) ou 112 se for emergência médica. Siga todas as orientações dadas e evite estar próximo de pessoas, mantendo uma distância de, pelo menos, dois metros.

Leia Também: Covid. Manter alerta máximo faz todo o sentido, "vírus são como camaleão"

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório