Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2022
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 26º

Sintomas de problema crónico que 'rouba' qualidade de vida aos doentes

Fique atento.

Sintomas de problema crónico que 'rouba' qualidade de vida aos doentes
Notícias ao Minuto

10:55 - 23/09/22 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Dia da Síndrome das Pernas Inquietas

Já ouviu falar de síndrome das pernas inquietas? O problema é crónico e é definido pelo Hospital da Luz como "uma sensação desconfortável nas pernas, nos braços ou em ambos os membros, quando se está sentado ou deitado, e a que se associa uma vontade irresistível de os mover". Pode ocorrer em qualquer idade e tende a agravar-se com o tempo, mas é mais comum no género feminino e, sobretudo, em mulheres grávidas. 

Existem dois tipos de síndrome de pernas inquietas. Segundo a rede de saúde CUF, "o mais comum é o primário". Sem causa identificável "e, provavelmente, com um componente genético", tende a ser crónico. "Com o passar do tempo os sintomas pioram e ocorrem mais frequentemente", enquanto "nos casos mais ligeiros, pode haver grandes períodos de tempo assintomáticos".

Leia Também: Médico explica: É possível ter uma 'vida normal' com esclerose múltipla

O tipo secundário é causado por outra doença ou condição médica e por alguns medicamentos. "Os sintomas geralmente desaparecem quando o paciente recupera da enfermidade de base ou quando interrompe a medicação que causou a síndrome de pernas inquietas."

Os sintomas surgem depois de algum tempo em repouso, sobretudo quando se está deitado ou sentado. Além disso, são mais frequentes à noite e aumentam com a ansiedade. Caminhar, mexer ou esticar as pernas pode ajudar a aliviar o desconforto. 

Veja abaixo os sintomas que, segundo o Hospital da Luz, não deve ignorar:

  • Sensações vagas nas pernas ou braços, descritas como ardor, dor, formigueiro ou puxão;
  • Vontade incontrolável de mover as pernas e/ou os braços;
  • Dificuldade em relaxar e dormir;
  • Durante o sono, as pernas podem mexem-se de forma espontânea e incontrolada, podendo acordar a pessoa;
  • Sonolência diurna;
  • Dificuldades de concentração.

Leia também: Afinal, este alimento (que todos temos em casa) não previne as cãibras

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório