Meteorologia

  • 06 OUTUBRO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 30º

Cáries dentárias. Será? E o que devo fazer?

O Instituto de Implantologia esclarece

Cáries dentárias. Será? E o que devo fazer?
Notícias ao Minuto

21:35 - 31/08/22 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Saúde oral

Se está a ler este artigo, é muito provável que conheça alguém que já teve uma cárie ou então já passou por uma situação idêntica. Passemos a factos. Segundo a Ordem dos Médicos Dentistas, a cárie é uma doença que afeta em média 90% da população e é, por isso, um dos problemas mais comuns identificados numa visita a um médico dentista.

A cárie depende de vários fatores, mas "existem alguns que costumam ser comuns na maior parte das pessoas", explica o Instituto de Implantologia em comunicado. Exemplo disso é uma alimentação rica em açúcares (entre os quais, bolos, chocolates ou gomas), a presença de placa bacteriana, alterações na saliva e algumas características dos próprios dentes. "Uma higiene oral deficiente está também associada ao desenvolvimento desta patologia oral."

Leia Também: Andamos todos a escovar mal os dentes. É assim que se faz

"É importante termos a perceção de que a cárie dentária se pode desenvolver em qualquer parte do dente, mas existem zonas onde o desenvolvimento desta é mais comum: na superfície da mordida dos dentes, entre os próprios dentes, na raiz dos dentes ou até mesmo numa restauração, devido a infiltrações: dentes que já tiveram cárie e foram restaurados, mas desenvolveram uma cárie secundária", diz. 

Numa fase inicial, em que ainda podem existir poucos sintomas, nem sempre é fácil perceber que estamos perante esta situação:

  • Presença de manchas brancas, acinzentadas ou castanhas nas superfícies dos dentes;
  • Com a evolução da cárie, estas manchas referidas anteriormente podem gerar cavitação (um buraco visível nos nossos dentes);
  • Sensibilidade dentária aumentada ao comer ou beber algo doce, frio ou quente;
  • Desconforto ao toque ou mastigação em fases mais tardias;
  • Inflamação, sangramento gengival e retenção de alimentos facilitada em cáries localizadas no espaço entre dentes;
  • Presença de dor.

Leia Também: Regresso às aulas. Como conseguir nota máxima em dentes saudáveis

Caso sinta algum dos sintomas referidos anteriormente, o 1.º passo a dar é visitar o seu médico dentista para que este possa avaliar a situação e iniciar o tratamento o quanto antes. Além disso, "há casos onde as lesões de cárie podem ser assintomáticas, pelo que se torna ainda mais crucial o correto acompanhamento da saúde oral", alerta o Instituto de Implantologia.

Leia Também: Três dicas para prevenir a sensibilidade dentária

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório