Meteorologia

  • 30 SETEMBRO 2022
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 23º

Caminhar após as refeições ajuda a prevenir problemas de saúde graves

Investigadores afirmam que caminhar apenas alguns minutos, depois de comer, pode ter muitos benefícios.

Caminhar após as refeições ajuda a prevenir problemas de saúde graves
Notícias ao Minuto

17:30 - 08/08/22 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Saúde

A partir de agora vai ser mais fácil resistir à vontade de fazer uma sesta pós-almoço. É que, segundo um novo estudo, fazer uma pequena caminhada, após as refeições, pode diminuir (e muito) o risco de diabetes tipo 2 e problemas cardíacos. 

Investigadores Universidade de Limerick, na Irlanda, analisaram os resultados de sete estudos, feitos por outros especialistas, que compararam os efeitos de hábitos como ficar sentado ou ficar em pé e caminhar, depois de comer. 

Os resultados, publicados na revista científica Sports Medicine, revelaram que, apesar de ficar de pé, após uma refeição, ser melhor do que ficar sentado, fazer uma curta caminhada é o comportamento mais benéfico para a saúde. Isto significa que, as pessoas com este hábito têm, no geral, os níveis de açúcar e insulina no sangue mais baixos e controlados. 

Além disto, todos os estudos analisados concluíram que caminhar, durante alguns minutos, depois de comer, faz com que os níveis de açúcar no sangue variem de uma forma mais gradual, impedindo picos descontrolados fator que está, normalmente, associado com problemas cardíacos e diabetes tipo 2. 

Leia Também: Técnica de medicina tradicional chinesa pode ajudar a prevenir diabetes

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório