Meteorologia

  • 19 AGOSTO 2022
Tempo
35º
MIN 21º MÁX 37º

Estes alimentos são os piores inimigos da tiroide

São, pelo menos, quatro.

Estes alimentos são os piores inimigos da tiroide
Notícias ao Minuto

07:50 - 20/05/22 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Alimentação

Diz-se que somos o que comemos e não é, de todo, por acaso. Mas sabia que os alimentos que consome podem exercer grande influência na saúde da sua tiroide?

A tiroide é uma glândula com cerca de cinco centímetros de diâmetro, localizada na face anterior do pescoço, por baixo da maçã de Adão e, apesar de discreta, é fundamental para o corpo humano. As complicações no seu funcionamento podem estar na origem de muitos sintomas inexplicáveis, mas com graves consequências para a saúde.

Por isso, para mantê-la saudável, é importante manter uma dieta equilibrada, que inclua, sobretudo, fontes de fibra, iodo, selênio, zinco e cobre, encontrados em alimentos como peixes, frutos do mar, cereais integrais, ovos e frutos secos. Por outro lado, há alimentos que, quando consumidos em excesso e por muito tempo, podem prejudicar a tireoide. 

Os portais Metrópoles e Tua Saúde reuniram uma lista de quatro alimentos inimigos da tiroide. Ei-los:

1- Soja e derivados

A soja e os seus derivados, como leite de soja, tempeh ou tofu, são fontes de fitoestrógenos, nutrientes que desempenham função semelhante à do estrogénio no organismo e que são benéficos para a saúde. No entanto, quando consumidos em grandes quantidades, estes alimentos podem desregular a tireoide e causar hipotireoidismo, uma doença que se caracteriza pela muito fraca produção de hormonas. 

Para quem tem hipotireoidismo, é recomendado consumir soja no máximo duas vezes por semana para que não atrapalhe o efeito dos fármacos prescritos pelo endocrinologista.

2- Vegetais crucíferos

Os vegetais crucíferos, como couve-flor, couve, nabo, rabanete, bróculo, repolho ou couve de Bruxelas, são ricos em antioxidantes fundamentais para a prevenção de inúmeras doenças. No entanto, também contêm glucosinolatos, compostos que diminuem a produção de hormonas na tireoide, podendo causar hipotireoidismo em indivíduos que consomem pouco iodo.

Os vegetais crucíferos podem e devem ser incluídos na alimentação, mas sem exageros e, de preferência, de uma a duas vezes na semana.

3- Alimentos processados 

Os alimentos processados, como carnes defumadas, molhos prontos, gelados e salgados contêm conservantes que, em excesso, atrapalham a absorção do mineral iodo pela tireoide e podem causar hipotireoidismo. O consumo excessivo de alimentos processados é também uma das principais causas do aumento de peso e gordura corporal. O excesso de gordura no corpo gera inflamação em vários órgãos, dificultando a absorção de iodo na tireoide, e também pode contribuir para o hipotireoidismo.

4- Farinhas e açúcar refinados

O consumo excessivo de açúcar de alimentos como doces, bolos e sorvetes, e farinhas refinadas, presentes no pão e arroz, pode causar resistência à insulina e desencadear diabetes. Esta alteração também pode provocar o aparecimento de nódulos ou até mesmo de cancro na tireoide. 

Leia Também: Os efeitos secundários do jejum intermitente que deve ter em conta

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório