Meteorologia

  • 02 JULHO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 31º

Os efeitos secundários do jejum intermitente que deve ter em conta

Explicados por uma especialista.

Os efeitos secundários do jejum intermitente que deve ter em conta
Notícias ao Minuto

14:10 - 16/05/22 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Alimentação

Cada vez mais ouvimos falar em jejum intermitente. Vários estudos sugerem que ajuda a regular os níveis de colesterol e triglicerídeos e até a prevenir a tensão arterial alta. Porém, será esta prática assim tão benéfica?

Na realidade, o jejum intermitente "poderá ter efeitos secundários, como fome, fadiga, fraqueza, insónias, náuseas e dores de cabeça", alerta Sofia Alves, nutricionista no Trofa Saúde Boa, Braga Sul, Alfena, Gaia e Hospital da Trofa, num artigo publicado no portal Trofa Saúde Alfena. Estes efeitos, explica, "poderão ser temporários até que o corpo se adapte ao novo esquema alimentar".

A especialista sublinha, ainda, que "o jejum não é apropriado a todos". "Doentes diabéticos, doentes com perturbações alimentares, grávidas ou mulheres a amamentar ou a tentar engravidar e crianças não o deverão pôr em prática", diz.

"O jejum alimentar é um processo individual, e por isso deverá consultar um especialista na questão, para ter um correto acompanhamento", conclui.

Leia também: 'Jejum Intituitivo', a dieta de 4 semanas seguida por Gwyneth Paltrow

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório