Meteorologia

  • 08 MARçO 2021
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Glicose pode beneficiar tratamento do cancro com células imunitárias

O tratamento do cancro com certas células do sistema imunitário pode ser beneficiado pela glicose (açúcar simples) e prejudicado pelo colesterol (tipo de gordura), conclui um estudo hoje divulgado que foi feito em Portugal com ratinhos.

Glicose pode beneficiar tratamento do cancro com células imunitárias
Notícias ao Minuto

16:20 - 18/01/21 por Lusa

Lifestyle Estudo

O estudo, desenvolvido pelo Instituto de Medicina Molecular (IMM) João Lobo Antunes, em Lisboa, e hoje publicado na revista da especialidade Nature Immunology, revela que a glicose adicionada a linfócitos T gama-delta (células imunitárias) que são preparados em laboratório para serem usados como terapia celular para o cancro faz com que tenham "uma capacidade anti-tumoral bastante aumentada, inibindo o crescimento tumoral".

A explicação foi dada à Lusa pelo líder da equipa do IMM, o imunologista e vice-diretor do instituto, Bruno Silva-Santos, que clarificou que se trata da glicose fornecida às células manipuladas em laboratório para combater o cancro.

"Não se trata de uma 'dieta' rica em açúcar! Esse tipo de alimentação ajudaria também o tumor a crescer, pelo que não é recomendável", frisou.

O estudo concluiu, por outro lado, que "altas concentrações de colesterol favorecem funções imunitárias pró-tumorais, a produção de moléculas que ajudam o tumor a crescer".

"No caso do colesterol, o estudo mostra que ele é prejudicial tanto no cultivo dos linfócitos T gama-delta, como após injeção no organismo", assinalou Bruno Silva-Santos.

A imunoterapia celular caracteriza-se pela transferência para o organismo de células imunitárias, no caso linfócitos T gama-delta, um subtipo de linfócitos T, para tratar o cancro, o que "requer a sua ativação e expansão durante o cultivo em laboratório".

Para o trabalho hoje publicado foram cultivados em laboratório, a partir de ratinhos, linfócitos T gama-delta, considerados promissores no tratamento do cancro, com várias "receitas mais ou menos ricas em glicose ou colesterol".

A equipa científica estudou o metabolismo destes linfócitos e o "seu impacto na multiplicação e produção de moléculas essenciais para a resposta a tumores", tendo depois injetado as células em ratinhos com cancro da mama e cancro colorretal e seguido "o impacto sobre o crescimento do tumor".

Para o imunologista Bruno Silva-Santos, que tem estudado o papel destas células na imunoterapia do cancro, as conclusões revelam-se importantes, na medida que indiciam como será possível otimizar as funções anti-tumorais dos linfócitos T gama-delta para que, uma vez injetados no organismo, "consigam fazer o seu trabalho", isto é, "persistir no corpo, reagir contra o tumor e matar as células malignas poupando as células saudáveis".

O estudo concluiu, ainda, que é no timo, órgão por cima do coração onde são gerados os linfócitos T, incluindo os gama-delta, que estes últimos são como que "instruídos" com "a correspondência entre glicose e funções anti-tumorais e entre colesterol e funções pró-tumorais".

O próximo passo da investigação é "como tirar partido deste conhecimento em seres humanos", disse Bruno Silva-Santos, acrescentando que a equipa irá "analisar o impacto da regulação metabólica" na produção de linfócitos T gama-delta humanos para fins terapêuticos.

Ensaios clínicos com estas células, para uso como tratamento para o cancro, deverão iniciar-se ainda este ano, adiantou, sublinhando que "será importante seguir os níveis do 'mau colesterol' nos doentes tratados para inferir o possível impacto que altos níveis de colesterol possam ter na eficácia do tratamento".

O estudo hoje publicado teve a colaboração de investigadores da Harvard Medical School, nos Estados Unidos, e da Queen Mary University of London, no Reino Unido.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório