Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2020
Tempo
15º
MIN 10º MÁX 18º

Edição

Colesterol no limite? As sete alterações alimentares que tem de fazer já

O colesterol é uma gordura comummente considerada prejudicial para a saúde do sistema cardiovascular. Contudo, esse 'perigo' só ocorre se os níveis de colesterol estiverem demasiado altos, já que em níveis ditos normais trata-se de uma substância fundamental e benéfica para o ótimo funcionamento do organismo.

Colesterol no limite? As sete alterações alimentares que tem de fazer já
Notícias ao Minuto

14:31 - 23/10/20 por Notícias ao Minuto 

Lifestyle Colesterol alto

"O colesterol é fundamental para a produção de vitamina D, que aumenta a absorção intestinal de cálcio e intervém na regulação do humor, de ácidos biliares, que auxiliam a digestão, e na produção de diversas hormonas, como as hormonas sexuais e o cortisol. Tem também uma importante função estrutural, encontrando-se presente nas membranas de todas as nossas células. O colesterol é produzido pelo nosso organismo e deve também ser obtido através da alimentação, numa dose máxima de 300mg/dia", explica um artigo publicado no site da Fundação Portuguesa de Cardiologia (FPC)

Porém, o problema dá-se quando os índices de colesterol, total e LDL (também conhecido como 'colesterol mau') estão excessivamente elevados.

Segundo a FPC, as LDL são substâncias transportadoras de uma enorme quantidade de colesterol do fígado para os tecidos dos músculos e dos órgãos de modo a que este possa ser usado. Se estiverem em demasia, tendem a acumular-se nas paredes dos vasos sanguíneos, o que por sua vez pode resultar no desenvolvimento de um processo inflamatório. 

Os níveis de LDL são considerados normais quando são inferiores a 115mg/dl, já os valores de HDL (igualmente conhecido por colesterol 'bom') devem ser superiores a 35mg/dl nos homens ou 45mg/dl nas mulheres, de forma a conseguirem proteger eficazmente o coração. 

Eis, de acordo com a Fundação Portuguesa de Cardiologia, sete alterações que deve fazer na sua alimentação para reduzir os índices de colesterol 'mau':

1. Aumentar o consumo de vegetais;

2. Garantir o consumo de 2 a 3 peças de fruta por dia;

3. Trocar os cereais e derivados de cereais refinados por versões integrais;

4. Aumentar o consumo semanal de peixes gordos e diminuir o consumo de carne, preferindo as carnes brancas e sempre retirando a pele e toda a gordura visível;

5. Incluir na alimentação sementes, frutos oleaginosos e leguminosas;

6. Preferir o azeite, óleos vegetais e cremes vegetais em detrimento da banha e manteiga;

7. Evitar a ingestão de produtos de charcutaria, de produtos de pastelaria e confeitaria, snacks doces e salgados e de outros produtos processados ricos em gordura saturada e trans e açúcares.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório