Meteorologia

  • 11 AGOSTO 2020
Tempo
27º
MIN 18º MÁX 27º

Edição

Vírus esteve adormecido durante anos e pode não ter tido origem na China

Tom Jefferson, epidemiologista e investigador no Centre for Evidence-Based Medicine (CEBM) na Universidade de Oxford, no Reino Unido, afirma que o novo coronavírus SARS-CoV-2, causador da doença da Covid-19, pode ter estado inativo durante anos em todo o mundo até ter finalmente emergido sob condições ambientais favoráveis para a sua proliferação.

Vírus esteve adormecido durante anos e pode não ter tido origem na China

O epidemiologista aponta para uma corrente de descobertas recentes que sugerem que o vírus já estaria presente um pouco por todo o mundo antes de ter emergido na cidade de Wuhan.

Traços da Covid-19 foram identificados em amostras provenientes de esgotos em Espanha, Itália e Brasil anteriores à sua descoberta na China. 

Em entrevista ao jornal britânico The Daily Telegraph, Jefferson demanda que seja feita uma investigação sobre como e porquê que o vírus parece prosperar em ambientes que incluem fábricas de alimentos e fábricas de embalamento de carne. 

Juntamente com Carl Heneghan, diretor e professor do CEBM, Jefferson acredita que tal poderá ter o potencial de revelar novas vias de transmissão, assim como através do sistema de esgotos ou casas-de-banho públicas.  

Jefferson disse ao jornal: "coisas estranhas como esta aconteceram com a Gripe Espanhola. Em 1918, cerca de 30% da população da ilha de Samoa Ocidental morreu de Gripe Espanhola e não tinha estado em contacto com população exterior". 

"A explicação pode somente residir no facto de que estes agentes infeciosos não vêm e vão para lado nenhum. Estão sempre aqui e algo acaba por ativá-los, talvez a densidade populacional humana ou condições ambientais, e é a isto que devemos prestar especial atenção", afirmou o epidemiologista. 

"Existem bastantes provas da presença de quantidades elevadas do vírus nos esgotos de inúmeros lugares, e um aumento de evidências da transmissão através de fezes". 

"Há uma grande concentração de esgotos com temperaturas de quatro graus centígrados, sendo esta a temperatura ideal para que o coronavírus estabilize e seja provavelmente ativado. E as fábricas de carne também costumam funcionar à temperatura de quatro graus". 

"Estes surtos têm de ser investigados adequada e minuciosamente", concluiu Tom Jefferson. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório