Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2021
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 25º

Edição

Consumir este tipo de alimentos aumenta em até 75% risco de demência

O consumo regular de gorduras transgénicas ou trans aumenta a probabilidade de vir a sofrer de demência. Os produtos que mais estão associados aos resultados são margarina, massas doces, gelados, cremes de café e bolachas de arroz.

Consumir este tipo de alimentos aumenta em até 75% risco de demência
Notícias ao Minuto

10:00 - 29/10/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Alzheimer e demência

O consumo de gordura trans já foi associado a uma maior probabilidade de desenvolver doenças cardíacas, acidente vascular cerebral (AVC) e diabetes tipo 2. Como tal, os especialistas recomendam reduzir a ingestão para evitar problemas de saúde. Agora, um novo estudo apresenta mais uma razão para dizer não às gorduras transgénicas: o consumo da substância pode aumentar em até 75% o risco de demência.

Segundo os investigadores, os produtos que mais estão associados a esses resultados negativos incluem: massas doces, margarina, doces em geral, croissants, gelados, cremes de café e bolachas de arroz. “O estudo mostra que existem resultados negativos no cérebro e na cognição, além dos resultados cardiovasculares conhecidos, que estão relacionados a uma dieta com alto teor de gorduras trans”, comentou Neelum T. Aggarwal, da Academia Americana de Neurologia, à CNN

O estudo foi publicado no periódico científico Neurology na semana passada. 

O estudo

Os investigadores analisaram 1.628 japoneses da cidade de Hisayama, com média uma de idade de 60 anos e sem sinais de demência. No início do estudo, os participantes forneceram amostras de sangue e responderam a questionários acerca da sua alimentação. Durante os 10 anos de acompanhamento, a equipa notou o aparecimento de 377 casos de demência – 247 deles dentro do espectro do Alzheimer

Ao analisar as amostra de sangue e eliminar outros fatores de risco para demência, os cientistas concluíram que aqueles que consumiam um alto teor de gordura transgénica estavam 74% mais propensos a desenvolver o problema degenerativo. Já quem consumia de forma mediana registou 54% de probabilidade de padecer da doença degenerativa do cérebro.

“As pessoas em risco necessitam prestar muita atenção aos rótulos nutricionais: quanto menos ingrediente, melhor! É importante focar-se em alimentos naturais e minimizar – ou mesmo evitar – aqueles que são altamente processados”, orientou Richard Isaacson, da Clínica de Prevenção do Alzheimer, nos Estados Unidos, à CNN.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório