Meteorologia

  • 21 AGOSTO 2019
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 21º

Edição

Estudo revela que 92% dos pais querem um papel na alimentação dos bebés

A propósito da Semana Mundial do Aleitamento Materno, que se comemora este ano de 1 a 7 de agosto, a Philips Avent apresenta os resultados de um inquérito internacional sobre a participação dos pais na alimentação dos recém-nascidos.

Estudo revela que 92% dos pais querem um papel na alimentação dos bebés
Notícias ao Minuto

15:36 - 02/08/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Semana Mundial do Aleitamento Materno

O inquérito, feito em 14 países a uma amostra de 3.594 utilizadoras da App Pregnancy+ (disponível também em português como Gravidez+), demonstra que 92,8% dos pais portugueses quer estar envolvido na alimentação dos seus filhos, mais de 10% acima da média dos países respondentes, que é de 81%. No entanto, só pouco mais de metade dos portugueses (54%) participa na tarefa de limpeza dos biberões e do material de extração de leite materno e na pesquisa de mais informação acerca do aleitamento (54%).

Os resultados da pesquisa indicam que praticamente todas as mães entrevistadas querem que os seus parceiros se envolvam em todos os aspetos do cuidado com o bebé. Globalmente, 65% das mães querem que os seus parceiros as ajudem na preparação do biberão e 63% esperam ajuda para alimentar o recém-nascido durante a noite.

Embora oito em cada 10 homens desempenhem tarefas como acalmar o bebé, menos de metade estão envolvidos na limpeza dos acessórios de aleitamento ou pesquisa acerca do mesmo. Isto significa que há vários aspetos do cuidado com os recém-nascidos que estão sobretudo a cargo das mulheres e que existe a necessidade de treino e formação dos parceiros. Aliás, 76% das entrevistadas consideram que faz falta mais informação para que os seus parceiros as ajudem no processo de aleitamento materno. Há cada vez mais evidências de que a formação dos pais acerca dos benefícios da amamentação pode duplicar a probabilidade de que os bebés sejam alimentados exclusivamente a leite materno durante os primeiros seis meses de vida.

O apoio aos pais que querem promover a amamentação é essencial, sobretudo quando as mulheres têm cada vez menos tempo e devem compatibilizar a maternidade com a carreira profissional. Os seus parceiros podem ter um papel mais ativo no aleitamento e, felizmente, muitos afirmam querer fazê-lo, de acordo com a pesquisa. Vários estudos indicam que as mulheres que recebem apoio dos seus parceiros estão mais propensas a iniciar e manter o aleitamento materno por mais tempo. Paralelamente, a participação ativa dos pais na alimentação do bebé favorece os laços afetivos entre os dois no pós-parto, o que se traduz em vários benefícios para o recém-nascido, como maior ganho de peso em crianças prematuras.

A Philips Avent desenvolveu este estudo no âmbito  da Semana Mundial do Aleitamento Materno, que se comemora este ano de 1 a 7 de agosto

A marca apoia o aleitamento materno em todas as suas formas, seja amamentando ao peito ou alimentando o bebé com leite materno extraído. Os pais podem contar com o apoio da aplicação Pregnancy+ (disponível também em português como Gravidez+), uma plataforma digital usada por 25 milhões de pais em todo o mundo e que disponibiliza informação muito relevante acerca do aleitamento materno, fornecida por profissionais de saúde e pais experientes. Os pais também podem aceder ao guia ‘Comprehensive Breastfeeding’ que inclui informações relevantes e recomendações para que o aleitamento materno seja bem sucedido. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório