Meteorologia

  • 18 JULHO 2019
Tempo
26º
MIN 21º MÁX 29º

Edição

O leitor perguntou: O preservativo rompeu, e agora?

O uso incorreto do preservativo pode aumentar o risco de doenças sexualmente transmissíveis e a probabilidade de uma gravidez indesejada.

O leitor perguntou: O preservativo rompeu, e agora?

Já lhe aconteceu estar no ‘bem bom’ e subitamente reparar que o preservativo rompeu? Provavelmente passaram-lhe mil coisas pela cabeça nesse momento… e nenhuma delas boa. Além de uma gravidez indesejada, a falta de proteção pode permitir o contágio por doenças sexualmente transmissíveis (DST’s), como SIDA, gonorreia ou sífilis, entre outras.

De acordo com a revista norte-americana GQ, guardar o preservativo em lugares inadequados ou não colocá-lo corretamente aumentam as chances do mesmo se romper.

Mas mantenha a calma: se tomar certos cuidados de imediato, é possível diminuir e até reverter os riscos.

Eis o que deve fazer:

Para evitar a gravidez da parceira

Se houver ejaculação e a o preservativo romper, há a possibilidade de gravidez, sobretudo se a mulher não estiver a usar nenhum meio anticoncecional. Nesse caso a única solução é o uso da pílula do dia seguinte. Trata-se de um medicamento com uma carga extra de hormonas que impede a fecundação do óvulo. Mas só faz efeito se utilizada até 72 horas após a relação sexual.

Como se proteger de doenças sexuais

A primeira coisa a fazer é interromper a relação de imediato e lavar-se com água e sabão. Nada de álcool ou outros produtos para desinfetar a região genital, pois só vai deixar a pele mais exposta a um possível vírus.

É extremamente importante saber se a pessoa que está consigo é portadora do vírus do VIH. Se sim, ou caso haja dúvidas, o recomendável é ir o quanto antes à unidade de saúde mais próxima e informar-se sobre a PEP (Profilaxia Pós-Exposição), um coquetel de antirretrovirais que deve ser ingerido durante um período de 28 dias. Para um resultado eficaz, é necessário medicar-se nas primeiras 72 horas de exposição, já que se tomar os fármacos corretamente a chance de contaminação é praticamente nula. Ainda assim, é preciso fazer o teste de HIV após 90 dias.

O erro mais comum

Fique atento à forma como utiliza o preservativo. O erro mais comum é esquecer de deixar espaço na ponta do preservativo no momento da colocação. Não se esqueça de apertar a ponta do preservativo com os dois dedos e só então desenrolar no pénis ereto. Atualmente, a maioria dos preservativos já são lubrificados. Mas se necessitar de uma lubrificação extra, use uma à base de água e não lubrificantes à base de óleos que podem danificar o látex do preservativo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório