Meteorologia

  • 28 NOVEMBRO 2021
Tempo
10º
MIN 8º MÁX 14º

Edição

Santander segue com "atenção" desenvolvimentos no rival BPI

O presidente do Santander Totta admitiu hoje que segue atentamente a evolução da Oferta Pública de Aquisição (OPA) lançada pelo CaixaBank sobre o BPI e a proposta de fusão entre este banco e o BCP, apresentada por Isabel dos Santos.

Santander segue com "atenção" desenvolvimentos no rival BPI
Notícias ao Minuto

14:03 - 06/05/15 por Lusa

Economia OPA

"O que se passa no BPI é uma situação interna do BPI. Acompanhamos com atenção, mas só desejamos que o banco seja um bom concorrente como tem sido até agora", afirmou António Vieira Monteiro durante a conferência de imprensa de apresentação de resultados do Santander Totta.

"Estarmos a falar agora de fusão ou não fusão ainda é prematuro", realçou, depois de questionado sobre a sua visão acerca de uma eventual operação de concentração entre dois dos seus principais concorrentes.

"O BCP mostrou disponibilidade", assinalou, sublinhando que "quando se fala destas operações de concentração há que ver a questão da concorrência".

Em fevereiro, o CaixaBank, maior acionista do BPI, com 44,1% do capital, anunciou a intenção de lançar uma OPA sobre o banco liderado por Fernando Ulrich.

O CaixaBank propõe adquirir a maioria do capital do BPI por 1,329 euros por ação.

O banco catalão é o maior acionista do BPI, contando com quatro membros no Conselho de Administração, seguindo-se a empresária angolana Isabel dos Santos, através da Santoro, com 18,6% (que em resposta à OPA lançada pelo CaixaBank propôs uma eventual fusão entre o BPI e BCP) e o Grupo Allianz, com 8,4%.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório