Meteorologia

  • 24 JULHO 2021
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 26º

Edição

Se a Grécia não pagar o que deve, quem se 'lixa' é Portugal

O futuro da Grécia e dos 322 mil milhões de euros que recebeu em empréstimos por parte de outros países europeus está na ordem do dia. O Jornal de Negócios conversou com um economista da Bloomberg que garantiu que, caso o novo Executivo grego decida não pagar o que deve, tal representaria para Portugal uma perda de 5,5 mil milhões de euros.

Se a Grécia não pagar o que deve, quem se 'lixa' é Portugal

O Syriza venceu as eleições do último domingo na Grécia. O agora primeiro-ministro Alexis Tsipras sempre disse que a sua intenção passava por não pagar a dívida acumulada de 322 mil milhões de euros e agora resta esperar para ver o que vai acontecer e como é que a Europa vai fazer a gestão desta nova crise, mais política que económica.

Tendo em conta este cenário, o Jornal de Negócios conversou com um economista da Bloomberg que traçou aquelas que serão as consequências caso Alexis Tsipras siga com a sua vontade e declare um ‘default’ grego.

Assim, em termos absolutos serão os contribuintes alemãs a perder mais (60 mil milhões de euros), seguidos dos francesas (46 mil milhões) e dos italianos (40 mil milhões).

Contudo, se olharmos para o que uma falência do Estado grego significa em termos de Produto Interno Bruto então Portugal será o mais prejudicado, perdendo 5,5 mil milhões de euros – o equivalente a 3,2% do seu PIB.

Segundo as estimativas do economista Maxime Sbaihi, depois de Portugal surge o Chipre (2,8%) e Eslovénia, Malta e Espanha, países nos quais as perdas iriam rondar os 2,5% dos respetivos PIB.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório