Meteorologia

  • 16 JULHO 2024
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 26º

Quer reduzir a sua fatura da água? Siga estas dicas

Está na hora de fazer por reduzir o valor a pagar no fim do mês pela água.

Quer reduzir a sua fatura da água? Siga estas dicas
Notícias ao Minuto

08:32 - 19/06/24 por Notícias ao Minuto

Economia fatura da água

Se quer ver reduzida a sua fatura da água, este guia, preparado pelo portal Doutor Finanças, é para si.

No caso da água e do saneamento, explica o mesmo, as tarifas variam segundo o município onde vive, ao contrário do que acontece no caso da eletricidade e do gás, onde pode mudar de fornecedor para beneficiar de melhores ofertas.

Por isso, deve aplicar outras medidas para poder ver a fatura diminuir de valor. O Doutor Finanças deixa, assim, 11 dicas:

Definir uma estratégia para reduzir a fatura da água todos os meses

A primeira dica passa por desenhar um plano para reduzir o consumo em sua casa a curto, médio e a longo prazo. A curto prazo, o plano passará por adotar novos hábitos de poupança de água. Já a médio e longo prazo, este plano poderá incluir algum investimento financeiro, passando pela substituição de determinados eletrodomésticos por outros mais eficientes, ou então a instalação de equipamentos que monitorizem e/ou reduzam o consumo.

Deve, em simultâneo, reservar uma quantia monetária todos os meses para poder realizar estes investimentos. De seguida, deve estar atento às faturas e à contagem do consumo de água. Pode usar a ferramenta Waterbeep para esse efeito, se viver em Lisboa.

Não deixar a água a correr sem necessidade

Talvez a medida mais comum quando se fala em poupança de água, não deixar a torneira aberta sem necessidade não ficou fora desta lista do Doutor Finanças. Tanto na cozinha como na casa de banho, a cozinhar ou a lavar os dentes, deve-se ter cuidado com a distração.

Banhos de imersão devem ser coisa do passado

O mesmo portal sugere, também, que os consumidores deixem de tomar banho de imersão, trocando o hábito pelo uso do chuveiro.

Encher a banheira gasta entre 200 e 250 litros de água, ao passo que um duche médio não ultrapassará os 135 litros de água (os chuveiros têm um consumo médio de nove litros de água por minuto, pelo que um duche de 15 minutos atinge este consumo).

Evitar cozinhar com demasiada água

Ao cozinhar, deve ter cuidado com a quantidade de água que utiliza ao encher uma panela ou um tacho.

O uso de água em excesso pode até estragar as receitas, já que a forma como os alimentos são cozinhados pode variar conforme a quantidade de água. Por isso, deve certificar-se dos valores certos nas receitas antes de começar a cozinhar.

Se tem plantas, uma horta ou árvores, deve escolher bem a hora da rega

Se tem em casa plantas, uma horta ou árvores, pode poupar água se escolher horários mais apropriados para a rega.

Deve ser feita em alturas com pouco sol, como de manhã cedo ou ao fim do dia, para evitar uma maior evaporação da água. Assim, evita-se o desperdício e as plantas e árvores ficam devidamente nutridas.

Pode também recorrer à água dos seus cozinhados para regar as plantas, ou água fria guardada no balde enquanto esperava que aquecesse antes de tomar banho.

Economizar nas descargas

Ter uma estratégia de descargas do autoclismo também pode ajudar a poupar água. Por exemplo, pode usar água do banho que tenha guardado previamente, ou então pode colocar uma garrafa cheia dentro do autoclismo, permitindo que as descargas soltem menos água.

Pode, também, optar por um sistema de descarga que seja mais económico.

Fazer máquinas de lavar apenas quando estão cheias

O Doutor Finanças sugere ainda que, quando chega a hora de lavar a roupa, só faça máquinas de lavar quando estiverem cheias, permitindo um uso mais eficiente da água.

Também deve ter cuidado com o programa de lavagem que escolhe, sendo que há alguns que consomem menos água, normalmente sob o nome 'Eco'.

Instalar compressores redutores de caudal

Nas soluções a médio e longo prazo inclui-se a instalação de um compressor redutor de caudal nas torneiras e nos chuveiros.

Costumam ser acessórios baratos e de utilização simples, regulando a pressão do ar e, assim, eliminando o excesso do mesmo, pelo que há uma maior poupança de água.

Investir em máquinas de lavar mais eficientes

O consumidor também pode reduzir a conta da água ao investir em máquinas de lavar que façam um uso mais eficiente da água.

Os modelos mais antigos são pouco amigos do ambiente e chegam a gastar 220 litros de água por cinco quilos de roupa. Uma máquina moderna não costuma passar dos 90 litros de água para a mesma quantidade de roupa.

Verificar se não tem fugas

O Doutor Finanças sugere fazer uma vistoria à casa em busca de fugas nos canos, torneiras ou autoclismo, que podem também ser uma fonte de consumo excessivo de água.

Pode ainda confirmar se a companhia fornecedora de água não cometeu algum erro na faturação.

Leia Também: 2% é H2O. Loures vai reutilizar água das piscinas de Santa Iria de Azóia

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório