Meteorologia

  • 19 MAIO 2024
Tempo
21º
MIN 12º MÁX 21º

Nyusi apadrinha protocolo para fomentar comércio com Portugal

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, assiste hoje à assinatura de um protocolo entre associações de empresários de Portugal e Moçambique, no âmbito do fórum empresarial que decorre à tarde no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

Nyusi apadrinha protocolo para fomentar comércio com Portugal
Notícias ao Minuto

06:59 - 24/04/24 por Lusa

Economia Moçambique

A Associação Industrial Portuguesa (AIP) e a Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA) realizam, de manhã, um encontro com empresários dos dois países, antes do fórum empresarial que decorre durante a tarde no CCB.

O encontro desta manhã visa fomentar "o estabelecimento de parcerias entre empresas dos dois países que reforce a relação económica e comercial entre Portugal e Moçambique", lê-se no comunicado divulgado pela AIP, que dá conta da sessão bilateral, com a presença do vice-presidente da AIP, Jorge Pais, e do presidente da CTA, Agostinho Vuma.

A sessão segue-se a um conjunto de visitas a empresas na região do Porto e na região de Sines, que os empresários moçambicanos fizeram na segunda e terça-feira, respetivamente, e antecede o Fórum de Negócios Moçambique-Portugal, que se realiza à tarde no Centro Cultural de Belém.

Neste encontro vespertino, no CCB, será assinado um protocolo na presença de Filipe Nyusi, que "prevê que as duas associações se comprometam a incentivar investimentos nos países que representam, ao estabelecimento de parcerias entre empresários dos dois países e à identificação de oportunidades de negócio, de forma a aumentar o relacionamento económico e comercial entre Moçambique e Portugal".

O saldo da balança comercial portuguesa com Moçambique piorou 2,4% no ano passado, mas manteve-se positivo em 448,2 milhões de euros, continuando o saldo favorável registado nos últimos anos.

De acordo com os dados da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) baseados no Banco de Portugal, enviados à Lusa, as trocas comerciais com Moçambique têm tido sempre um saldo favorável a Portugal nos últimos cinco anos, com 2022 a ser o ano em que a balança mais se inclinou para Portugal.

O saldo positivo nesse ano foi de 459,4 milhões de euros, aumentando face aos 356,1 milhões registados em 2021.

Moçambique é o 33.º cliente das exportações de Portugal, representando 0,28% das vendas, e é o 78.º fornecedor, vendendo 0,03% dos bens que Portugal compra no estrangeiro, o que faz com que a influência na evolução da balança comercial de Portugal seja muito pouco significativa.

O investimento moçambicano em Portugal ficou sempre abaixo dos 100 milhões desde 2019, alcançando o máximo em 2022, com 94 milhões de euros investidos pelas empresas moçambicanas em Portugal, representando cerca de 0,1% do total dos investimentos estrangeiros.

Leia Também: Amnistia aponta "abusos" dos militares e repressão em Moçambique

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório