Meteorologia

  • 04 MARçO 2024
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 17º

Comissário das Pescas pede "decisão responsável" sobre capturas em 2024

O comissário europeu para as Pescas, Virginijus Sinkevicius, destacou a importância de se chegar a "uma decisão responsável" sobre as possibilidades de pesca para 2024, que os ministros da tutela da União Europeia (UE) debatem desde domingo.

Comissário das Pescas pede "decisão responsável" sobre capturas em 2024
Notícias ao Minuto

12:25 - 11/12/23 por Lusa

Economia Pesca

Numa mensagem divulgada na rede social X (ex-Twitter), o comissário destacou a importância de se chegar a "uma decisão responsável para preservar os meios de subsistência dos nossos pescadores a longo prazo e melhorar as hipóteses de recuperação das unidades populacionais ['stocks']".

As negociações são retomadas hoje, já com os acordos entre a UE, o Reino Unido e a Noruega fechados na sexta-feira à noite, tanto bilaterais, quanto trilaterais para 'stocks' de gestão partilhada.

O acordo com o Reino Unido engloba totais admissíveis de capturas (TAC) para 85 unidades populacionais, com 388 mil toneladas de TAC para os 27 e o bilateral com a Noruega prevê que a UE receba 9.983 toneladas de bacalhau do Ártico em troca de permitir capturas de 48.000 toneladas de verdinho à frota daquele país nórdico.

Por seu lado, os acordos UE - Reino Unido - Noruega estipularam que, no mar do Norte, possam ser capturadas 915 mil toneladas de peixe, com a União Europeia a garantir quase 415 mil toneladas de bacalhau, tamboril, solha, arenque e badejo.

A organização de proteção dos mares Oceana já contestou o acordo entre Bruxelas e Londres, considerando que mantém "um número significativo de populações de peixes em risco de sobrepesca e colapso".

Os ministros da UE, com a ministra em exercício Maria do Céu Antunes a representar Portugal, vão decidir hoje as possibilidades de pesca para 2024, com os cortes nas capturas de juliana (53%), de linguado (33%) e de solha (20%) a vigorarem também em 2025.

Leia Também: Docapesca abre concurso para reforço de amarrações

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório