Meteorologia

  • 01 MARçO 2024
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 15º

"Estamos perante os melhores sete meses de sempre da história do turismo"

Quem o diz é o secretário de Estado do Turismo, Nuno Fazenda, no dia em que se assinala o Dia Mundial do Turismo.

"Estamos perante os melhores sete meses de sempre da história do turismo"
Notícias ao Minuto

08:20 - 27/09/23 por Notícias ao Minuto

Economia Turismo

O secretário de Estado do Turismo, Nuno Fazenda, disse esta quarta-feira que o turismo já ultrapassou os níveis pré-pandemia e adiantou que os primeiros sete meses do ano foram os melhores da história do setor em Portugal. 

"Já ultrapassámos os níveis pré-pandemia. De acordo com a Organização Mundial de Turismo, previa-se que este ano se atingisse entre 85% e 95% da procura turística mundial, [mas] Portugal já ultrapassou esses valores. Por isso, hoje, no Dia Mundial do Turismo, podemos de facto assinalar que estamos perante os melhores sete meses de sempre da história do turismo em Portugal", disse Nuno Fazenda, em declarações à RTP3.

Ao que indica o Governo, "globalmente" o setor apresenta um "resultado positivo" com mais hóspedes e mais dormidas

Este é também o ano que marca a "plena recuperação" do setor, depois da pandemia.

Contudo, o secretário de Estado assume que há "desafios", ao nível do território, da transição energética, o "esforço das qualificações" e mesmo a "promoção". 

O Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC) estima que o setor das viagens e turismo em Portugal vá contribuir com 40.400 milhões de euros para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2023, superando o recorde de 40.100 milhões de 2019.

Segundo o Relatório de Impacto Económico (EIR, do inglês Economic Impact Research) do WTTC, divulgado em 18 de julho, o setor deverá criar cerca de 30.000 postos de trabalho este ano, atingindo os 950.000 trabalhadores e ficando apenas 68.000 empregos abaixo do nível de pouco mais de um milhão de 2019.

A entidade global do turismo prevê que o setor aumente a contribuição para o PIB para 56.400 milhões de euros até 2033, representando mais de um quinto (21,1%) da economia portuguesa.

Leia Também: Agentes turísticos destacam papel do setor em mais "um ano feliz"

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório