Meteorologia

  • 26 FEVEREIRO 2024
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 14º

Compras mais sustentáveis? Quase metade estão dispostos a fazê-las

Estudo revela que os inquiridos com idades entre os 18 e os 44 anos são os que estão mais dispostos a tornar as suas compras diárias mais sustentáveis (média de 51%).

Compras mais sustentáveis? Quase metade estão dispostos a fazê-las
Notícias ao Minuto

13:17 - 03/11/22 por Notícias ao Minuto

Economia Sustentabilidade

Quase metade dos portugueses (46%) estão dispostos a tornar as suas compras diárias mais sustentáveis, de acordo com o estudo Observador Cetelem Consumo Sustentável 2022, divulgado esta quinta-feira. 

"Analisando as respostas por faixa etária, conclui-se que são os inquiridos dos 18 aos 44 anos os que estão mais dispostos a tornar as suas compras diárias mais sustentáveis (média de 51%), assim como os residentes nas Áreas Metropolitanas do Porto (54%) e de Lisboa (50%)", pode ler-se num comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso. 

Já 31% dos entrevistados dão mais prioridade à sustentabilidade na compra de grandes e pequenos eletrodomésticos, "sendo visível uma discrepância na primazia dada pelos inquiridos do Centro, em que apenas 15% dizem dar prioridade à sustentabilidade nesta categoria, e os inquiridos das regiões Norte e Sul (36% respetivamente)". 

"Relativamente à priorização da sustentabilidade no que toca à mobilidade, por exemplo, através da escolha de veículos elétricos ou híbridos, 22% dos portugueses inquiridos dizem fazê-lo, principalmente, os mais novos (28%), com os inquiridos dos 65 aos 74 anos a admitir que a sustentabilidade não é, de todo, uma prioridade para eles nesta categoria (68%)", pode ainda ler-se. 

Leia Também: Estudo: Inflação muda decisões no consumo com impacto na sustentabilidade

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório