Meteorologia

  • 07 JULHO 2022
Tempo
38º
MIN 21º MÁX 38º

Um vídeo que alerta refugiados para tráfico humano e exploração laboral

As imagens pretendem "auxiliar os cidadãos ucranianos que se deslocam do seu país em guerra, alertando-os e informando-os acerca dos cuidados que devem ter em conta para não serem alvo de redes de tráfico humano e de exploração laboral".

Notícias ao Minuto

07:52 - 27/05/22 por Notícias ao Minuto

Economia Autoridade Europeia do Trabalho

A Autoridade Europeia do Trabalho (ELA) produziu um vídeo que pretende alertar os cidadãos deslocados da Ucrânia para o tráfico humano e exploração laboral, divulgou a Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), na quinta-feira. 

As imagens pretendem "auxiliar os cidadãos ucranianos que se deslocam do seu país em guerra, alertando-os e informando-os acerca dos cuidados que devem ter em conta para não serem alvo de redes de tráfico humano e de exploração laboral", sublinha a ACT, em comunicado

O vídeo, explica a ACT, foi exibido no dia 19 de maio numa reunião em que a ACT participou, "na qualidade de membro do subgrupo sobre trabalho não declarado de pessoas deslocadas da Ucrânia".

"Na ocasião, a ELA e as agências da União Europeia (UE) ofereceram o seu apoio às ações dos Estados-membros da UE para aumentar a consciencialização, proteger os direitos dos cidadãos ucranianos e prevenir, detetar, identificar e processar casos de exploração laboral e trabalho não declarado", adianta ainda a ACT. 

Confira o vídeo, em cima.

Leia Também: Comunicar um contrato com trabalhador estrangeiro em dois passos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório