Meteorologia

  • 29 NOVEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Compras de Natal: Consumidores vão gastar mais este ano do que em 2020

Consumidores planeiam gastar 529 euros este ano, acima dos 477 euros verificados no ano passado.

Compras de Natal: Consumidores vão gastar mais este ano do que em 2020
Notícias ao Minuto

15:30 - 25/11/21 por Notícias ao Minuto 

Economia Compras de Natal

A maioria dos consumidores tenciona gastar mais em compras de Natal este ano do que no ano passado, de acordo com o estudo Holiday Shopping Survey, realizado pela Accenture e divulgado esta quinta-feira. 

"As compras devem aumentar este ano, com os consumidores a planearem gastar em média 529 euros nesta temporada, em comparação com os 477 euros do ano passado. A maioria (71%) afirma que pretende gastar tanto ou mais do que no ano passado", pode ler-se num comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso. 

O estudo revela ainda que os millennials, com idades entre os 32 e os 39 anos, são os que pretendem despender mais, fixando a média nos 624 euros, "quase cem euros a mais do que a previsão das outras faixas etárias".

O relatório indica ainda que 76% estão ansiosos para, nesta época festiva, passar tempo com a família; 75% planeiam comprar presentes para familiares próximos e 41% a comprar presentes para vizinhos, colegas e amigos.

"A pesquisa destaca também este desejo contínuo de apoiar as comunidades locais, com 58% dos consumidores a revelarem a intenção de comprar no comércio local e a retalhistas independentes", pode ainda ler-se.

Leia Também: Em curso terceira versão de plano de reestruturação da SATA

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório