Meteorologia

  • 09 DEZEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 17º

Edição

Combustíveis: ISP baixou, mas impacto no preço não se sentirá (já) hoje

Redução dos impostos não se irá refletir no preço de venda ao público esta segunda-feira, uma vez que já estava prevista uma subida dos preços em função da evolução da cotação da matéria-prima nos mercados internacionais. 

Combustíveis: ISP baixou, mas impacto no preço não se sentirá (já) hoje

O Imposto sobre os Produtos Petrolíferos e Energéticos (ISP) diminuiu no sábado, por decisão do Governo, dois cêntimos por litro na gasolina e um cêntimo no gasóleo. Contudo, esta redução não se irá refletir no preço de venda ao público esta segunda-feira, uma vez que já estava prevista uma subida dos preços em função da evolução da cotação da matéria-prima nos mercados internacionais. 

Na sexta-feira à tarde, recorde-se, o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais anunciou que o Governo iria repercutir na diminuição das taxas de ISP os 63 milhões de euros de IVA arrecadados face ao aumento do preço médio de venda ao público dos combustíveis.

No global, o montante que o Governo vai devolver atinge os 90 milhões de euros, já que aos 63 milhões pelo IVA acrescem 27 milhões de euros pelo arredondamento do alívio do ISP.

"Estes 63 milhões de euros são, na realidade, 90 milhões de euros anuais, na medida em que a repercussão da receita adicional que nos faríamos com os combustíveis, faria com que a taxa unitária do ISP [Imposto sobre Produtos Petrolíferos] do gasóleo apenas fosse aliviada em menos de um cêntimo, e nós arredondámos para o cêntimo", explicou aos jornalistas António Mendonça Mendes, em conferência de imprensa no Ministério das Finanças, em Lisboa.

O governante explicou também que o Governo irá monitorizar a evolução dos preços médios de venda ao público e - caso seja necessário - "fazer a revisão em alta", "no sentido de devolver todo o valor de acréscimo de IVA que se recebe".

Contudo, a decisão do Governo vem no seguimento de ter sido noticiado que os preços iriam voltar a subir, no arranque desta semana, devido à subida de preço dos produtos refinados nos mercados internacionais

Os dados mais recentes da Direção-Geral de Energia e Geologia - atualizados no domingo, dia 17 de outubro - mostram que o preço médio da gasolina simples 95 está nos 1,717 euros por litro, ao passo que o do gasóleo simples está nos 1,523 euros por litro. A gasolina especial 95, que na semana passada superou a barreira dos dois euros, custava, em média, 1,719 euros por litro. 

Leia Também: Combustíveis não param de subir: Uns preparam medidas e outros saem à rua

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório