Meteorologia

  • 30 NOVEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 7º MÁX 15º

Edição

FMI inicia hoje primeira avaliação do programa de referência na Guiné

O Fundo Monetário Internacional (FMI) inicia hoje a primeira de três avaliações à execução do programa de referência, acordado em julho com o Governo da Guiné-Bissau, anunciou o Ministério das Finanças guineense.

FMI inicia hoje primeira avaliação do programa de referência na Guiné
Notícias ao Minuto

07:00 - 28/09/21 por Lusa

Economia Fundo

Em comunicado, o Ministério das Finanças explica que a missão vai decorrer de forma virtual, devido à pandemia provocada pelo novo coronavírus, até 11 de outubro.

Segundo o Ministério das Finanças, esta é a primeira de três missões a serem realizadas pelo FMI ao país, que se "forem satisfatórias vão conduzir à inclusão da Guiné-Bissau no Programa de Facilidade de Crédito Alargado".

As outras duas missões devem realizar-se em dezembro e em março de 2022.

A missão de avaliação do FMI é chefiada por José Gijon.

O Programa Monitorizado pelo Corpo Técnico visa reduzir os grandes desequilíbrios macroeconómicos intensificados pelo impacto da pandemia provocada pelo novo coronavírus, reforçar a governação e a rede de apoio social, para um desenvolvimento mais inclusivo.

Segundo dados do FMI, o crescimento económico da Guiné-Bissau diminuiu cerca de 1% em 2020 e deverá crescer cerca de 3% em 2021.

Em 2020, a dívida pública do país aumentou devido ao aumento da despesa para fazer face à pandemia, refere o FMI, acrescentando que se registou um défice orçamental, devido principalmente à redução da receita fiscal.

Leia Também: Combater corrupção e acelerar reformas na Guiné Equatorial é essencial

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório