Meteorologia

  • 24 JULHO 2021
Tempo
20º
MIN 17º MÁX 26º

Edição

NOS valoriza quase 3% após reportar aumento dos lucros no 1.º semestre

A empresa anunciou que o lucro mais do que duplicou no primeiro semestre.

NOS valoriza quase 3% após reportar aumento dos lucros no 1.º semestre

As ações da NOS estão a valorizar mais de 3%, no arranque da sessão desta quinta-feira, depois de a empresa ter anunciado que o lucro mais do que duplicou no primeiro semestre, face a igual período de 2020, para 73,9 milhões de euros. 

De acordo com o Investing, há momentos, as ações da NOS subiam quase 3% para 3,05 euros por ação. 

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a NOS adianta que "o resultado líquido consolidado situou-se em 73,9 milhões de euros, valor que compara com 35 milhões registados nos primeiros seis meses do exercício do ano passado".

No período em análise, as receitas consolidadas subiram 1,8% para 678,5 milhões de euros.

"No primeiro semestre deste ano, as receitas de telecomunicações, apesar dos efeitos da pandemia sobre as receitas de 'roaming', registaram um crescimento de 3% face ao período homólogo, atingindo 672,4 milhões de euros", refere a NOS.

O resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) ascendeu a 306,6 milhões de euros, menos 1,3% do que em igual período de 2020 (310,6 milhões de euros).

"O crescimento das receitas e a reabertura condicionada dos cinemas não foi suficiente para compensar o aumento dos custos diretos", adianta a NOS.

No primeiro semestre, "a NOS reforçou os seus investimentos, em particular na área de comunicações" e o 'capex' total do grupo, excluindo os contratos de 'leasing', aumentou 16,5% e atingiu 200,1 milhões de euros.

No final de junho, a dívida financeira líquida situou-se nos 895 milhões de euros, menos 11,3% do que no final de igual mês de 2020.

No semestre, "o número de serviços da NOS cresceu 2,6%, tendo ultrapassado, pela primeira vez, os 10 milhões".

O número de serviços móveis aumentou 4,4% para 5,085 milhões, enquanto o número de subscritores de televisão cresceu 0,3% para 1,639 milhões.

De acordo com a NOS, "o número de serviços de internet e de telefone fixo situou-se em 1,467 milhões e 1,770 milhões, respetivamente", e o de clientes convergentes "verificou, de igual forma, um aumento de 3,8%, estando próximo de atingir um milhão".

No final de junho, a NOS contava com 4,986 milhões de casas com redes de nova geração fixa, mais 6,3% do que no período homólogo de 2020.

No segmento empresarial, a empresa contava com 1,540 milhões de serviços empresariais, mais 37 mil serviços do que no final do primeiro semestre do ano passado.

Relativamente ao cinema, cujas salas reabriram em 19 de abril, mas com limitações ao nível da sua capacidade, "apesar de distantes dos níveis pré-pandémicos, no segundo trimestre deste ano a NOS vendeu 552 mil bilhetes, valor que ultrapassa em 16% o montante de bilhetes vendidos no terceiro trimestre do ano passado, refletindo alguma recuperação".

No entanto, o número de bilhetes vendidos no trimestre ficou 75% abaixo do período homólogo de 2019.

"Já passou mais de um ano desde o início da pandemia, e os efeitos severos do confinamento ainda continuam a sentir-se nas empresas, no emprego e no consumo. Deixa-me particularmente satisfeito ver como a NOS continua a responder de forma exemplar aos enormes desafios que ainda enfrentamos, quer ao nível do desempenho da nossa rede e das nossas infraestruturas, como no serviço de qualidade que prestamos aos nossos clientes", afirma o presidente executivo, Miguel Almeida, citado em comunicado.

"O contexto continuará desafiante, mas a NOS continuará focada na execução da sua estratégia, que passa pela entrega do melhor serviço e pela satisfação plena dos seus clientes", assevera o gestor.

Leia Também: O BCE e outras 3 coisas que deve saber para começar o dia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório