Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2021
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 23º

Edição

Sonae Indústria formaliza pedido à CMVM para sair de bolsa

A Sonae Indústria pediu hoje a sua saída da bolsa de Lisboa à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), na sequência a deliberação tomada em assembleia-geral de acionistas no final de junho.

Sonae Indústria formaliza pedido à CMVM para sair de bolsa
Notícias ao Minuto

20:44 - 13/07/21 por Lusa

Economia Sonae Indústria

A "Sonae Indústria, SGPS, SA informa que, na sequência da deliberação tomada em assembleia-geral de acionistas, requereu, na presente data, à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários a perda da qualidade de sociedade aberta", pode ler-se no requerimento publicado esta tarde na CMVM.

A saída de bolsa da empresa foi aprovada em 28 de junho em assembleia-geral de acionistas.

Em 03 de junho, a Sonae Indústria comunicou à CMVM que iria ser votada a perda de sociedade aberta em assembleia-geral, tendo em conta que, após a conclusão da oferta de subscrição de ações do capital da empresa, passaram a ser imputáveis à Efanor Investimentos mais de 90% do total do capital e direitos de voto.

Segundo o mesmo documento, a Efanor considera que, face à concentração do capital e à consequente redução do 'free float' e liquidez, "não se justifica a manutenção do estatuto de sociedade aberta".

A empresa notou ainda, na altura, que o Código de Valores Mobiliários (CVM) determina que, no caso da saída de bolsa deve ser indicado um acionista "que se obrigue a adquirir", em três meses, as ações pertencentes às pessoas que não tenham dado 'luz verde' a esta decisão.

Leia Também: Sonae Capital está a investir num terreno em Gaia para uso residencial

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório