Meteorologia

  • 30 MAIO 2020
Tempo
27º
MIN 20º MÁX 31º

Edição

Sabores do Passado admite internacionalizar-se

A empresa algarvia Sabores do Passado, uma das fornecedoras da Jerónimo Martins, poderá vir a internacionalizar o seu negócio com o apoio do grupo, admitindo a Polónia como um dos mercados possíveis, disse à Lusa a presidente, Susana Candeias.

Sabores do Passado admite internacionalizar-se

Com sede em Loulé, distrito de Faro, a Sabores do Passado trabalha na área da massa fresca.

"Começámos a trabalhar com a Jerónimo Martins em meados de 2011", explicou Susana Candeias, uma das fornecedoras do grupo que detém a rede de supermercados Pingo Doce.

O negócio passa pela distribuição nas lojas do grupo de "pão e massa já moldado e que seguem para o destino final em carros refrigerados", explicou a gestora.

"Foi um projeto iniciado nesta área com a Jerónimo Martins, foram eles que nos sugeriram este nicho de negócio e a partir daí aceitámos o desafio", adiantou a presidente executiva da Sabores do Passado, empresa que emprega 31 pessoas.

Susana Candeias foi um dos representantes de fornecedores do grupo que participou, no final da semana, na inauguração do novo centro de distribuição da Jerónimo Martins em Algoz, concelho de Silves, um investimento de 27 milhões de euros e que vai gerar 220 postos de trabalho diretos e indiretos.

"Este centro, para nós enquanto parceiros, é uma plataforma" para colocar o produto em outras lojas, o que "também é uma oportunidade", comentou a responsável.

Com uma faturação de 1,5 milhões de euros no passado, Susana Candeias disse ter "perspetivas de crescer [o negócio] este ano", mas não avançou números.

Quanto à internacionalização da empresa, disse que essa é uma hipótese, mas para já estão "no mercado português".

No entanto, "estamos a preparar uma linha de congelados e pensamos que talvez um dia, já que trabalhamos com a Jerónimo Martins, porque não também nessa vertente" da expansão internacional, disse.

Questionada se a Polónia é uma hipótese, a presidente da Sabores do Passado afirmou:"Por exemplo".

A Jerónimo Martins absorve entre 35% a 40% da produção da Sabores do Passado, o restante é escoado para outras empresas da grande distribuição.

Susana Candeias confidenciou que, de início, teve algum receio em trabalhar com um grande grupo de distribuição pelas "coisas que se dizem".

Mas agora, passados mais de dois anos, a gestora diz que a Jerónimo Martins "não é um bicho papão", mas "é muito rigorosa", o que para a fornecedora até é uma "forma de ajudar a crescer" no mercado.

E concluiu: "Não são maus paguilhas".

Outros dos fornecedores da Jerónimo Martins é a Frusoal, uma organização de produtores de citrinos do Algarve.

A trabalhar com o grupo de distribuição "há cerca de nove anos", esta empresa, com mais de duas décadas de atividade, é uma das fornecedoras de laranjas algarvias da Jerónimo Martins, disse o sócio-gerente, Pedro Madeira, num encontro com jornalistas.

A Jerónimo Martins, incluindo o negócio na Polónia, absorve 20% do volume de produção da empresa.

A produção atual da Frusoal é de 30 milhões de quilos de laranjas, mas dentro de "seis a sete anos" o objetivo é que seja entre "40 a 50 milhões de quilos", disse o responsável da empresa, que emprega entre 250 a 300 pessoas (postos de trabalho diretos e indiretos).

No ano passado, a Frusoal faturou 11 milhões de euros, com as exportações a representarem 25%. Mercados como Espanha, França, Inglaterra ou Rússia são apostas da empresa.

"Vamos ver se damos continuidade à Rússia", disse Pedro Madeira, acrescentando que pretende crescer na Polónia.

Além da Jerónimo Martins, a Frusoal tem outros clientes na grande distribuição.

"Nunca tivemos problemas de escoamento de 'stock'", afirmou, apontando que o setor da distribuição é "elástico".

A Jerónimo Martins inaugurou a 13 de fevereiro um centro de distribuição em Algoz, concelho de Silves, no Algarve que vai servir de plataforma para a região e abastecer o Pingo Doce, o Recheio e a empresa de 'food service" do grupo.

ALU// ATR

Noticias Ao Minuto/Lusa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório