Meteorologia

  • 04 DEZEMBRO 2020
Tempo
MIN 6º MÁX 15º

Edição

FMI: Economia de Macau deverá cair 52,3% em 2020

A economia de Macau deverá regredir 52,3% este ano, devido à pandemia da covid-19 segundo as Perspetivas Económicas Mundiais hoje divulgadas pelo Fundo Monetário Internacional (FMI).

FMI: Economia de Macau deverá cair 52,3% em 2020
Notícias ao Minuto

07:33 - 14/10/20 por Lusa

Economia FMI

Em abril, o FMI previa uma diminuição de 29,6% em 2020.

De acordo com o documento divulgado na terça-feira pelo FMI, a economia de Macau, que em 2019 encolheu 4,7%, em 2021 terá um crescimento substancial de 23,9%, apesar da revisão em baixa em relação à taxa de crescimento de 32%, estimada em abril.

Por outro lado, a taxa de desemprego da capital mundial do jogo vai manter-se praticamente inalterada: 2,3% este ano e no ano seguinte de 2%, indicou.

Quanto à inflação, deverá fixar-se nos 1,7% em 2020 e 1,8% no ano seguinte.

Macau foi dos primeiros territórios a ser atingido pela pandemia, tendo registado 46 casos. Atualmente, não tem nenhum caso ativo.

Altamente dependente do turismo e dos casinos, a economia de Macau encontra-se praticamente paralisada.

De acordo com o Governo do território, o Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro semestre 'encolheu' 58,2%, em comparação com o período homólogo de 2019, e a diminuição no segundo trimestre foi de 67,8%, também em termos anuais.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório