Meteorologia

  • 25 MAIO 2022
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 26º

Como funciona o apoio para trabalhar no Interior que dá até 4.827 euros

As candidaturas ao programa Emprego Interior MAIS arrancaram na quinta-feira. Saiba como funciona o programa, quem está abrangido e como podem ser apresentadas as candidaturas.

Como funciona o apoio para trabalhar no Interior que dá até 4.827 euros
Notícias ao Minuto

07:55 - 21/08/20 por Notícias Ao Minuto

Economia Apoio

Há um programa que dá um apoio de até 4.827 euros aos trabalhadores que vão trabalhar para o Interior. A medida está integrada no programa Emprego Interior MAIS, cujas candidaturas arrancaram na quinta-feira e podem ser realizadas através do site do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP). 

Se pretende aderir ao programa, antes de mais deve consultar os municípios e freguesias abrangidos pelo mesmo, tal como o Notícias ao Minuto adiantou em fevereiro

Em que consiste a medida? 

"A medida Emprego Interior MAIS visa promover a mobilidade geográfica no mercado de trabalho em Portugal e combater as disparidades regionais, apoiando a fixação em territórios do interior de desempregados e empregados à procura de novo emprego", pode ler-se no site do IEFP

O que preciso para ter acesso ao apoio? Quem está abrangido?

A concessão dos apoios previstos na medida Emprego Interior MAIS, abrange:

  • Contratos de trabalho por conta de outrem (sem termo, a termo certo com duração inicial igual ou superior a 12 meses e a termo incerto, quando a duração previsível seja igual ou superior a 12 meses);
  • Criação do próprio emprego ou empresa, em local situado em território do interior, à qual esteja associada a mudança de residência.

Estão abrangidos os trabalhadores desempregados ou empregados à procura de novo emprego.

Qual é o apoio previsto? 

De acordo com um comunicado do Governo, divulgado na quinta-feira, o apoio financeiro direto a conceder a quem se mudar para o interior será de 2.633 euros, a que acresce uma majoração de 20% por cada elemento do agregado familiar (até ao limite de 1.316 euros). Será ainda comparticipado o custo de transportes de bens, até ao limite de 878 euros.

"Assim, esta medida vai disponibilizar um apoio inicial de até 4.827 euros para os trabalhadores que decidam mudar-se para o Interior", conclui o Executivo. 

Como me posso candidatar? 

As candidaturas a esta medida podem ser realizadas no portal iefponline, mediante preenchimento de formulário próprio, disponível na página relativa à medida, podendo ser submetida no prazo máximo de 90 dias consecutivos depois da celebração do contrato de trabalho, criação do próprio emprego ou empresa, de acordo com o IEFP

Sublinha ainda o IEFP que, para efeitos de apresentação da candidatura, o destinatário deve estar registado no Iefponline - se ainda não estiver registado, pode, entretanto, fazê-lo. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório