Meteorologia

  • 08 AGOSTO 2020
Tempo
28º
MIN 19º MÁX 31º

Edição

Fábrica Ria Blades cria mais 41 postos de trabalho em Vagos

A fábrica de pás eólicas Ria Blades, maior empregador de Vagos, vai investir 5,2 milhões de euros em duas novas linhas de produção, que vão criar 41 postos de trabalho, segundo documentos apresentados no município.

Fábrica Ria Blades cria mais 41 postos de trabalho em Vagos
Notícias ao Minuto

12:53 - 31/07/20 por Lusa

Economia Vagos

A empresa, que em abril passou a ser propriedade do grupo Siemens Gamesa, apresentou na Câmara Municipal de Vagos uma candidatura a Projeto de Interesse Municipal de Vagos (PIM), para criação de duas novas linhas de produção, que foi aprovada por unanimidade pelo executivo presidido pelo social-democrata Silvério Regalado.

"Com esta aprovação a Riablades S.A. irá usufruir de benefícios em sede de impostos municipais, nomeadamente no que diz respeito à ausência do pagamento de Derrama e de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) por um período de cinco anos", resume o autarca num documento a que a Lusa teve acesso.

O investimento será feito nos próximos dois anos na atual unidade industrial, com a criação de duas novas linhas: uma para pás eólicas de 145 metros de diâmetro; outra, uma nova linha-protótipo, para pás de 155 metros de diâmetro, "que visa validar conceitos para permitir o investimento em linhas adicionais para esta tipologia de pá".

O montante do investimento está estimado em 5.245.032,26 euros.

"De salientar também que a empresa irá realizar o investimento na construção de seis outras linhas (investimento estimado em 34,9 milhões de euros), mas que não integra a presente candidatura uma vez que foi submetido a outro tipo de benefício fiscal", antecipa a Câmara Municipal no mesmo documento.

A Riablades S.A. emprega, presentemente, 627 trabalhadores, de acordo com o Relatório e Contas respeitante ao período 2019/2020. Com este projeto de investimento vai poder criar mais 41 postos de trabalho, sendo que 21 serão destinados a homens e 20 a mulheres, segundo a mesma fonte.

Em abril, o grupo Siemens Gamesa anunciou a aquisição final de todas as ações da fábrica de pás eólicas Ria Blades, maior empregador de Vagos, no distrito de Aveiro, num negócio de 200 milhões de euros com a Senvion.

A empresa, com sede em Espanha, concluiu nessa altura a aquisição total de ativos selecionados da Senvion, anterior proprietária da Ria Blades, que tinha lançado em fevereiro de 2019 um plano de ação para reorganizar a empresa, após uma série de "erros operacionais" que conduziram a uma crise de liquidez, tendo apresentado um pedido de insolvência num tribunal alemão.

Líder global de construção de turbinas eólicas, a Senvion assumiu dívidas totais estimadas no valor de mil milhões de euros, que ameaçavam a sua sobrevivência, segundo fontes financeiras citadas pela Reuters.

"[A Ria Blades] trata-se de uma das fábricas mais competitivas da Europa, uma fábrica de última geração que se complementa muito com a nossa pegada atual. A nova fábrica vai ajudar-nos a servir diferentes mercados com diferentes modelos e vamos fazê-lo de acordo com os mais elevados padrões de qualidade de fabrico", afirmou, em abril, o diretor-executivo da unidade de negócios 'onshore' da Siemens Gamesa, Alfonso Faubel.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório