Meteorologia

  • 04 JULHO 2020
Tempo
28º
MIN 16º MÁX 34º

Edição

Emprego. Governo aprova novos apoios para apoiar retoma das empresas

As medidas foram aprovadas esta quinta-feira, em sede de Conselho de Ministros.

Emprego. Governo aprova novos apoios para apoiar retoma das empresas

O Governo aprovou, esta quinta-feira, em sede de Conselho de Ministros, a prorrogação do apoio extraordinário à manutenção do contrato de trabalho em situação de crise (lay-off simplificado) até julho e outras medidas para proteção dos empregos, no âmbito da pandemia. 

"É estabelecida a prorrogação do apoio extraordinário à manutenção de contrato de trabalho em situação de crise empresarial", refere o Governo, sendo que o lay-off simplificado já abrangeu 850 mil trabalhadores, com um montante pago 580 milhões de euros, números que já tinha adiantado esta semana pela ministra do Trabalho

O lay-off simplificado manter-se-á, assim, até ao final de julho, sendo que pode continuar a ser utilizado depois dessa data por empresas que permaneçam encerradas por decisão das autoridades. 

Além disso, foi "criado um complemento de estabilização para os trabalhadores com retribuição base igual ou inferior a duas vezes a remuneração mínima mensal garantida, além de um incentivo extraordinário à normalização da atividade empresarial para empregadores que tenham beneficiado do apoio extraordinário à manutenção de contrato de trabalho ou do plano extraordinário de formação", pode ler-se no comunicado do Conselho de Ministros. 

Este complemento de estabilização, detalhou a ministra do Trabalho e da Segurança Social, Ana Mendes Godinho, em conferência de imprensa, será pago em julho 

Leia Também: Seg. Social já pagou 778 milhões em apoios. Lay-off abrangeu 850 mil

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório